Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Conversas e Café

Fate: Tha Winx Saga - A Opinião

Estou em isolamento após ter chegado dia 25, segunda - feira, à Madeira. Sem data de regresso e com um segundo teste para realizar, uma pessoa enjaulada entre as quatro paredes, não tem feito muito senão consumir, e muito, Netflix

Hoje venho falar-vos de uma das séries que vi em quatro dias. Já tinha começado a vê-la quando estava do outro lado do Oceano Atlântico, mas acabei aqui, já confinada. Devo confessar que estava com as expectativas bem altas quando a comecei a ver. 

Sinopse:

"Fate: A Saga Winx é uma série live-action baseada na popular série animada Clube das Winx. A série gira em torno de seis fadas populares que devem aprender a controlar seus poderes mágicos frequentando uma escola em um mundo fantástico. Alfea é uma escola situada no Outromundo que tem por objetivo formar as fadas e instruí-las na arte da magia que já existe há milhares de anos. Apesar disso, nenhuma fada que esteve em Alfea se parece com Bloom (Abigail Cowen), que foi criada no mundo humano. Bloom é uma fada impulsiva, gentil e perigosa para aqueles ao seu redor. Por dentro, Bloom possui um poder com a capacidade de acabar ou salvar os mundos que fazem parte dela. Para se sobressair, Bloom precisa manter o controle de suas emoções. Sendo apenas um adolescente, as coisas podem ficar complicadas. Jovens fadas estarão à beira de emoções, amor, rivalidades e inimigos que ameaçam suas vidas." *
 

Opinião:

Como já referi tinha as expectativas muito altas para esta série desde o dia em que a Netflix revelou o trailer. Até, na altura, houve quem criticasse o facto de terem pegado no desenho animado e feito um live action, outras críticas também recaíam sobre a mudança de nome das personagens e tudo mais. Só aguardei, ansiosamente e expectante, para ver o que sairia dali. E uau! Se me permitissem descrever esta série em uma palavra seria INTENSA. Primeiramente deixa-nos curiosos, depois com muita magia e fantasia pelo meio, complementada de ação, desperta aquela súbita vontade de querer ver o que vai acontecer depois mesmo que nos possa a vir a assustar um pouco. Depois, lembrem-se das críticas? Esta série é muito mais que uma live action, é, pois, baseada nos desenhos animados que, se por um lado, desperta uma certa nostalgia ao relembrar da nossa infância, por outro, é muito mais do que isso e não tem nada haver. Esta série, apesar da fantasia que a envolve, torna-se muito cativante e atual tendo ela um elenco muito jovem que alerta para certos comportamentos da adolescência dos nossos dias abordando temas como álcool, drogas, relacionamentos, bullying, complexos com o corpo, etc. E achei muitíssimo importante esta série incluir todos esses temas que são muito debatidos no quotidiano dos adolescentes. Numa outra perspectiva, além disso, considero-a intensa pela história em si e nas proporções que ela vai tomando no desenrolar da ação (não vou dar spoiler para quem ainda não viu mas o coração vai palpitar). Já para nem falar da caracterização das personagens, desde a roupa, os acessórios, a própria maquilhagem, e quando falo da maquilhagem não é só aquela que se vê na cara mas também como caracterização dos golpes, das feridas, tudo isso de um trabalho extraordinário e de louvar. E um outro elemento a destacar é a edição. Que incrível!

Na minha opinião, para quem ainda não viu, ou viu e depois acabou por desistir nos primeiros episódios, ou para quem está a considerar ver, acho que devem de dar uma oportunidade. Nos dois primeiros episódios podem achar um pouco sem interesse mas garanto-vos que é uma série que prende imenso e surpreende pela positiva. Por isso deem lá uma oportunidade e garanto-vos que não se vão arrepender. Nota que tem conteúdo gráfico principalmente sobre feridas e pessoas mortas em que são captadas com o máximo detalhe por isso ser uma série classificada pela própria Netflix para +16 e só alertei para o público mais sensível. 

Eu rendi-me e só espero uma segunda temporada, que ainda não foi confirmada pela Netflix, para resolver alguns mistérios que foram deixados no ar nesta primeira temporada. 

Recomendo imenso!

 

(* Sinopse retirada do site AdoroCinema)

(Imagem: Google)

Conversar :

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

A autora

foto do autor

Translate

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub