Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Conversas e Café

Como reforçar o sistema imunitário?

Com a chuva e o frio que já se faz sentir lá fora e com a COVID espalhada por aí, temos mais que motivos para fortalecer o nosso sistema imunitário. O principal objetivo é fortalecer o sistema imunitário para evitar a gripe sazonal e "tentar" (sim porque até agora não uma "receita" infalível) afastar o covid diante de nós. No fundo, se juntar-mos estas dicas com as práticas já implementadas da DGS - Direção Geral da Saúde, que todos nós já estamos cansados de saber, aí o risco de obter este vírus é menos, porém é impossível estimar quanto a números a redução desse risco uma vez que ninguém está imune e todos nós já percebemos isso, no entanto, pode ser evitado. 

Foi por isso que eu trouxe esta ideia para vocês para vos mostrar, também, alguns dos truques que utilizo para tentar escapar às gripes e consequentemente aos antibióticos e a todos os químicos associados. Estão prontos para anotar as dicas? Vai valer a pena, acreditem. 

Na alimentação 

  • Frutas cítricas como laranja, toranja, kiwi, tomate, são ricos não só em vitamina C, vitamina indiscutivelmente importante nesta época, mas também em antioxidantes, que também é interessante para o sistema imunitário. Já que estamos a falar em antioxidantes, podem encontrá-lo também nos frutos vermelhos, no chocolate negro, no café, no chá verde, na maçã, no feijão, nos legumes verdes escuros, etc. 

 

  • Alimentos ricos em zinco. Podemos encontrar este mineral na carne, nos cereais integrais, castanhas, sementes e leguminosas, tais como feijão, grão de bico, lentilha, ervilha. 

 

  • Oleogenosas. Para além de conterem zinco as oleogenosas são ricas também em vitamina E. Quem fala em oleogenosas refere-se às nozes, castanhas, amêndoas e a óleos vegetais, tais como os de girassol, gérmen de trigo, milho e canola. Elas são altamente benéficas sobretudo para os idosos pois ajudam no combate à diminuição da atividade do sistema imunitário. 

 

  • Gengibre. Principal fonte de vitamina C, vitamina B6 e com ação anti-inflamatória. Este é, também um dos meus aliados para a defesa do sistema imunitário e também no combate às inflamações de garganta. 

 

  • Óleo de Coco. Os ácidos láurico e cáprico presentes neste óleo tem propriedades especificas capaz de modular o sistema imunitário. Ele age contra fungos, vírus e bactérias. Tudo o que a gente precisa, não acham?

 

Saúde Intestinal 

Um facto interessante: sabiam que mais de 70% das células imunológicas situam-se nas paredes intestinais? Daí a ser importante ter uma boa saúde intestinal. O sistema digestivo desempenha um papel fulcral no metabolismos de toxinas do corpo fazendo parte do nosso sistema desintoxicante natural. 

Uma alimentação mais rica em fibras e alimentos grosseiros, como é o caso de alimentos vegetais, os grãos integrais, as nozes, sementes, legumes e frutas que o nosso corpo não consegue digerir, ajuda na rápida remoção de toxinas através do intestino. E claro que também não nos podemos esquecer dos líquidos que também ajudam imenso na saúde intestinal. 

 

Hábitos 

  • Pratica de exercício físico regularmente. Há estudos que indicam que o exercício físico regular aumenta a circulação de glóbulos brancos no organismo. Os glóbulos brancos são células imunológicas cujo o principal objetivo é identificar e "matar" qualquer patógeno causador de doença. Para além disso, manter-se em movimento é importante para aumentar a frequência cardíaca bem como a temperatura do corpo, factores que contribuem para combater as bactérias. 

 

  • Redução no álcool. Posso fazer uma piada? Quando se fala em reduzir no álcool não é no álcool gel! O consumo de álcool compromete o nosso sistema imunitário na medida em que as macro moléculas presentes nele é, sobretudo, açúcar puro. Quando há um elevado consumo de açúcar há, por outro lado, uma redução da capacidade do nosso corpo em responder à ameaça uma vez que diminui a produção de glóbulos brancos no nosso organismo ficando, assim, mais suscetíveis aos vírus e bactérias.

 

  • Uma boa noite de sono. Não só para um efeito rejuvenescedor ou repousante, uma noite bem dormida também tem impacto no nosso sistema imunitário uma vez que melhoram a produção de citocinas anti - inflamatórias e células assassinas que melhoram a capacidade do organismo combater a inflamação. 

 

Suplementação

Devemos reconhecer que por vezes a alimentação, por mais variada que seja, só por si não nos previne a 100%, aliás, a suplementação e os seus benefícios tem despertado muita atenção por parte de nutricionistas, atletas, desportistas e até mesmo para as pessoas meramente comuns quando o seu objetivo é suplementar a sua alimentação para garantir, neste caso, um reforço ainda maior do sistema imunitário. É plausível aliar os suplementos alimentar com uma alimentação equilibrada. Aqui ficam alguns suplementos maravilhosos que ajudam no reforço do sistema imunitário. 

  • Vitamina D
  • Vitamina C
  • Echinacea
  • Glutamina 
  • Zinco

 

E com isto chegamos ao fim de um post demasiadamente informativo cheio de truques e dicas para um melhor reforço do sistema imunitário sobre tudo nesta época em que, mais do que nunca, precisamos de garantir que de facto ele funciona bem. Contudo, não pudemos esquecer da vacinação contra a gripe, de se agasalhar e proteger do frio e da chuva e não menos importante, respeitar as normas impostas pela DGS para salvaguardar a saúde de todos nós. Lembrando que tudo isto começa pela iniciativa própria. 

Cuidem-se sempre.

 

 

 

 

Conversar :

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

A autora

foto do autor

Translate

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub