Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Conversas e Café

Bridgerton - A Opinião

Voltei com mais um post daqueles que vocês mais gostam de ver por aqui. Vamos falar sobre séries? Esta é uma das mais recentes da Netflix, saiu dia de natal, a 25 de dezembro de 2020 e eu só vi na semana passada. Não, não foi falta de curiosidade, foi mesmo por querer focar-me e dedicar-me a duzentos por cento nos estudos, porque época de exames é sempre muito atribulada, e decidi por bem deixar a Netflix de lado por uns tempos. Foi necessário. Mas agora que já a vi, depois de todo o rebuliço nas redes sociais, ainda há pessoas que estão indecisas sobre ver ou não esta série. Então se também fazem parte desse grupo de pessoas, deixo-vos aqui a minha mera opinião (que vale o que vale, atenção!) sobre ela. 

Sinopse:

"Baseada no livro best-seller de Julia Quinn, Bridgerton mergulha no mundo sensual, luxuoso e competitivo da alta sociedade londrina do início do século 19. Na época, a família Bridgerton, composta por oito irmãos, se esforça para lidar com o mercado de casamentos, os bailes suntuosos de Mayfair e os palácios aristocráticos de Park Lane. Daphne Bridgerton (Phoebe Dynevor), a filha mais velha do respeitado clã, se encontra à procura de um marido adequado. Como seus pais, ela gostaria de se casar por amor, mas o irmão mais velho atrapalha seus planos e torna ainda mais difícil sua busca. Quando Daphne conhece o duque de Hastings (Regé-Jean Page), o solteiro mais requisitado da temporada, as faíscas brilham entre os dois. Não bastasse o fato de ambos agirem como se não estivessem interessados um pelo outro, um escândalo preparado por Lady Whistledown (na voz de Julie Andrews) faz com que o nome de Daphne seja manchado. Para se defender das calúnias, ela decide se aliar ao rebelde duque, colocando à prova os valores e as aparências da elite de Londres." *

Opinião:

Vou ser sincera, não sou muito de séries de época, mas esta cativou-me de um modo especial. Já tinha ouvido falar tão bem dela que a cada comentário que lia sobre a série mais curiosidade acrescia dentro de mim e corroía - me toda por dentro. Tenho que vos dizer, VALE A PENA CADA SEGUNDO! Adorei a história, que é baseada numa história verídica, e a relação da Daphne e do Simon (A.K.A Duque de Hastings) é qualquer coisa (#goals). Mas as histórias das personagens secundárias também são fascinantes o que torna a série com ainda mais consistência. E é tão interessante como todo o enredo evolui desde o primeiríssimo episódio até ao último segundo do episódio oito. Juro que vale muito, mas mesmo muito, se deliciar com esta série, entre amor, vingança, cobiça, conseguimos aprender e tirar partidos de muitas lições que estão presentes no decorrer da temporada e perceber as razões das personagens reagirem assim no entanto, necessita de associações para as interpretar. No entanto, não considero que seja exaustiva, muito pelo contrário, despachei-a em pouco menos de dois dias portanto, acho que deu para entender o quão interessante e o quão ela me prendeu ao ecrã. 

Já quero a segunda temporada. 

Quem já viu, o que achou? 

 

( *Sinopse retirada do site Adoro Cinema )

(Imagem: Google)

Conversar :

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

A autora

foto do autor

Translate

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub