Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Conversas e Café

11 anos de diabetes

Deixem-me contar-vos uma história, de uma menina com apenas oito anos, a caminho dos nove, que na semana em que foi considerada a “melhor aluna da semana” mal sabia que essa seria a última semana de uma vida “normal” de criança. Aí, no dia 13 de março de 2010, num sábado, em que o sol brilhava por entre as nuvens que teimavam cobri-lo, o seu mundo desabou. Um trambolhão na sua vida graças a um diagnóstico de uma doença “para toda a vida”, segundo um pediatra rude que lhe deu internamento. Essa menina foi obrigada a crescer na enfermaria onde estava, entre deslocações de ambulância para formações sobre a sua doença, entre o colo dos pais, dos familiares e ainda com as cartas dos amigos da escolinha que tomaram a iniciativa de as escrever. Essa menina, entretanto, continuou a crescer, nunca permitiu que o sorriso do seu rosto se apagasse, foi sempre muito forte e madura na sua luta diária contra a diabetes fazendo de tudo para a controlar e para ter, no mínimo, uma vida plena e o mais normal possível apesar das circunstâncias.

Hoje, faz 11 anos em que lida diariamente com a Diabetes, 11 anos de luta quotidiana, feita de conquistas, umas tantas frustrações mas acima de tudo muita dedicação, foco e esforço. E 11 anos depois essa menina, mais propriamente, EU, não perdeu o sorriso pois é a sorrir que tudo fica mais leve e mais fácil de se suportar.

 

 

 

[ Texto da minha autoria também publicado no meu Facebook pessoal e no Instagram! ]

Como sobreviver ás aulas online?

Aulas online. Um sacrifício gigante. Não é das melhores coisas para se aprender, é só um desenrasque face ás circunstâncias em que se vive. Para mim, é algo em que é muito fácil de se desconcentrar. E depois, acabo todas as aulas a pensar "mas o que é que falamos hoje?". Até verificar os meus apontamentos, sinto - me perdida no que foi dado. Para além de tudo isso, contribui para o sedentarismo e digo isto porque inexplicavelmente, os horários são péssimos, falo por mim. Detesto-os!

Mas hoje, vim dar-vos algumas dicas que vos podem ajudar a sobreviver a este martírio enquanto se espera por tempos melhores e mais felizes. E estas dicas podem ser facilmente adequadas para o vosso ano de escolaridade independentemente se estão no ensino básico, secundário ou superior. Não importa se estão no 5ºano, no 12ºano ou na universidade, estas dicas podem mesmo ajudar-vos para garantir o sucesso académico à distância. 

 

Escolher um ambiente tranquilo 

Procurem um sítio para ter aulas online que seja calmo, sem interferência de barulhos ou distrações, longe da família que vive convosco sobretudo. Para além de tranquilo, escolham também um sítio bem iluminado preferencialmente com luz natural para aumentar, não só, a produtividade e otimismo mas também a energia, tudo aquilo que necessitamos particularmente de manhã cedinho. 

 

Escolher apenas o material essencial à aula

De modo a evitar desatenção, é importante manter somente o material necessário à aula. Assim material de escrita, caderno/bloco de apontamentos, computador (com o separador do zoom - ou de qualquer outra plataforma -, sempre a preencher a tela principal) e pouco mais que isso. Tudo o que seja tecnologia que estejam a mais, como telemóveis, tablets, etc. e que seja alvo de distração mantenham-nas longe. 

 

Incluir uma garrafa de água e alguns snacks por perto 

De forma a manter o corpo sempre hidratado e também para refrescar as ideias, ter sempre uma garrafa de água ao pé de vocês é o ideal para que, durante as aulas online, quando necessário, possam dar um gole para oxigenar as células do cérebro, a ajudar-vos a manter mais produtivos e claro, sempre hidratados. Já quanto aos snacks, não é para comer durante as aulas em vez de estar atentos à matéria, é para aqueles momentos em que os professores se estendem nas horas e terminam a sua sessão de Zoom, por exemplo, na hora da próxima aula, é muito útil para qualquer estudante pois nem necessitam de perder tempo em ir à cozinha buscar qualquer coisa para comer enquanto o professor da aula seguinte já adiantou a matéria. 

 

Gravar aulas 

Talvez dos temas mais controversos das minhas dicas. Se souberem o que estão a fazer não haverá problemas. Este método é interessante não para quem decide ligar a plataforma e voltar para a cama dormir mais um bocado ou estar mais ocupado a jogar LOL e outras coisas. Este método é interessante e realmente produtivo para aqueles alunos que gostam de aprender, de estar atentos e que não querem perder nenhum apontamento. Nas aulas por vezes torna-se difícil acompanhar o raciocínio dos professores e apontar tudo o que eles dizem, e que é do nosso interesse, sobretudo no ensino superior, na vida universitária. Daí o truque é gravar a aula em questão e apontar nas margens da folha os minutos em que não conseguiram apanhar de tal maneira que depois possam rever os mesmos. Há imensos programas que gravam a tela ou até mesmo o áudio. Ou então utilizem a  "gravação de voz" do vosso telemóvel para registar o áudio das vossas aulas. Mas antes, experimentem o programa ou até mesmo o gravador do vosso telemóvel, num vídeo no YouTube para ver se efetivamente resulta. E no final das aulas, vão recuperar somente esses momentos, aquelas que anotaram anteriormente, e acabar de anotar as ideias que estão em falta.  

 

Tirar apontamentos 

Para além de gravar as aulas, é ainda mais importante tirar os apontamentos das mesmas. É fundamental para se orientarem no estudo. Têm que aprender a filtrar tudo o que foi dito na aula entre o essencial e acessório ao mesmo tempo que tirem as vossas notas durante as aulas e não somente ficar à espera dos apontamentos de um colega. Se quiserem podem sempre pedir para comparar e ver se podem acrescentar mais alguma coisa aos vossos mas, se utilizarem a dica anterior, não terão esse problema de pedir apontamentos a ninguém. 

 

Carregadores e extensões sempre por perto

Não há nenhum computador que sobreviva estar ligado de manhã à noite sem carregar pelo menos uma vez. Especial com as plataformas utilizadas para ensino à distância como é o caso do Zoom, que consomem tanto, torna-se impossível. Por esse motivo é sempre importante possuir um carregador por perto pois quando o computador pedir carga, é só introduzir o mesmo na entrada e assim não correm o risco de sair da chamada por este se desligar sem carga. Caso estejam longe das tomadas, pensem em ter uma extensão sempre ligada à tomada e por sua vez ligada ao carregador para que tais incidentes não aconteçam. E devo confessar que esta dica já me salvou umas quantas vezes. 

 

Estas foram as dicas principais para arrasarem no ensino remoto.  

Espero que tenha sido úteis para vocês. 

✩ Bons estudos! ✩

 

Inspo Decor | Escritório em Casa

Nestes tempos conturbados onde o teletrabalho tem tido um forte impacto na vida, é bom repensar no espaço que temos e fazer umas pequenas alterações, quiçá, onde estamos a trabalhar. Por vezes, uma mudança de sítio de um móvel ou até mesmo uma melhor organização do nosso espaço de trabalho, pode ajudar a ter uma outra disposição para mais um dia exaustivo de reuniões, mesmo que seja online. 

Por isso deixo aqui algumas inspirações, de como tornar o vosso escritório/sítio de trabalho, não só mais bonito mas também mais organizado, para vos ajudar a ter uma maior produtividade e desempenho no vosso trabalho mesmo que remotamente. 

Dicas extras: 

  • Sempre que possível, prefiram a luz natural. Deixem-na entrar pois esta tem benefícios na nossa saúde e bem estar. Assim, ambientes com luz natural não só aumentam a produtividade como também deixa-nos mais otimistas e com mais energia. Tudo o que precisamos dadas as circunstâncias.

 

  • Prefira manter na sua mesa de trabalho o essencial. Excesso de objetos bem como equipamentos eletrónicos desnecessários, podem ser alvo de fácil distração. 

 

  • Tente manter a organização. Este tópico vai ter ao encontro do anterior. Para além de não levar a distrações e improdutividade indesejável, optar por ter uma mesa de trabalho o mais organizado possível vai facilitar imenso na hora de querer encontrar um documento. 

 

E assim chegou ao fim de mais um post. Espero que vos tenha inspirado e que estas dicas extras tenha ajudado-vos. 

Para todos aqueles que estão neste ambiente de teletrabalho ou de aulas à distância, continuem fortes, que em breve, vamos voltar em força àquela tão desejada normalidade. 

Mantenham-se seguros e cuidem-se sempre. 

A autora

foto do autor

Translate

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub