Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Conversas e Café

Só me falta dinheiro porque bom gosto eu tenho! #2

As novas coleções estão a dar comigo em doida! Estou apaixonada por elas por isso decidi trazer-vos as minhas peças preferidas desta próxima estação. São, simplesmente, maravilhosas!

Vejam só: 

Vestido Ombreiras Canelado - Zara (19,95€)

 

Sobretudo gola lapela - Zara (29,95€)

 

Saia lápis com franzido - Straudivarius (19,99€)

 

Vestido mini azul com volume no ombro - Pull & Bear (22,99€)

 

Cardigan comprido de malha - Mango (39,99€)

 

A próxima coleção promete, não acham?

Espero que tenham gostado.

 

(Imagens: Sites das Lojas Online)

Desabafos da Alma #1

Não sei bem por onde começar nem o porquê de escrever isto desta forma mais crítica, quiçá. Porém, debato muito sobre isto para comigo. Até pode ser implicância minha ou até mesmo esquisitice daquele meu lado estranho que até a mim mesma consegue surpreender. Mas, nada do que escreverei aqui é algo que partiu do meu imaginário mas sim a realidade que muitos preferem não ver ou talvez nunca observada com olhos de ver. 

Redes sociais - o grande tema. É uma ferramenta de comunicação de muitos e de lazer de tantos outros até existir a "profissão" (entre muitas aspas) de influencer. Nada contra. Eu própria sendo blogger também estou, de certo modo, incluída no pacote. No entanto as redes sociais elevaram a fasquia. Mesmo não sendo fonte de rendimento, agora as redes sociais transformaram-se em algo onde se compartilha a "vida perfeita". E há muito que se lhe diga pois continuo a defender que não há perfeição. No entanto, toda a gente cobra-se demasiado e esforça-se de forma tão doentia, até, para ter o feed "perfeito", os stories "perfeitos", tudo impecável. Então, agora que estamos no verão, ainda pior! São fotos de biquíni na praia, onde até se prende a respiração e faz-se poses e apanham-se ângulos de esconder a barriga e a aumentar o rabo, são histórias de férias de verão que se formos a ver não são nada económicas para a carteira, e por aí vamos. Cada scroll que uma pessoa faça na timeline ou cada story que uma pessoa veja, vai tudo bater ao mesmo! Hoje em dia há toda uma competição frenética para ver quem leva para casa o prémio de melhor perfil das redes sociais. 

E mais! - Sim porque não ficamos por aqui! - As pessoas postam cada figura que até dá pena. Sinceramente, qual é a necessidade de postarem aquele tipo de coisas na internet? Será que não sabem que uma vez na net, nunca mais sai? E o desrespeito para connosco mesmos que estamos a perder quando postamos algo assim? Já para nem falar de dignidade, uma vez que, a meu ver, a partir do momento em que estas coisas vão parar à internet, perde-se o resto de dignidade e amor próprio que sobra (e se é que alguma vez existiu, não é!?). E depois cai um chuva de likes e comentários com montes emojis que deixam as pessoas a criar metas de "nesta publicação tenho menos likes do que naquela" e a viver constantemente em ilusões.

Sem falar na toxicidade que é! Uma pessoa na vida real abre o Instagram, por exemplo, e vê um corpo aparentemente bonito (mesmo que esteja todo editado no Photoshop e noutras apps similares), olha para aquilo e automaticamente compara-se. E é aí que começa a bater mal dos parafusos porque queria ser assim mas não é. Mesmo sabendo do facto que nas redes sociais o que está na moda é a "vida (aparentemente) perfeita" e que ninguém se deve comparar a ninguém, que somos todos lindos e maravilhosos, seres únicos, cada qual com os seus defeitos e qualidades, é quase impossível não se comparar!

E pergunto para quê minha gente? De que serve tudo isto? O que vamos ganhar com isto se no fim da vida, pobre ou rico, vai parar ao mesmo lugar!? Por isso é que eu acho que as redes sociais estão cada vez mais tóxicas e cada vez mais evito passar muito tempo lá. Porque para mim, este género de coisas não faz sentido.

Agora as redes sociais passaram a ser o mundo da perfeição e da fantasia, sítio da toxicidade devido ao mau uso das mesmas. Mas pronto, foi apenas um desabafo, cada qual acredita no que acredita, cada qual com a sua opinião e ainda com sua liberdade de expressão. Apenas fiz este reparo para que reflitam um pouco mais antes de apertar o botão de "Publicar".  

O que esperar da primeira parte da quinta temporada de Lucifer?

Vamos falar de séries? Ou melhor, da série do momento? Pois bem, é verdade, o diabinho mais fofo e sem noção está de volta e desta vez a duplicar! Como assim, Juliana? Vocês perguntam-me e eu, sem dar muito spoiler, porque até no Twitter vocês encontram facilmente muito spoiler, que leram bem! Afinal Lucifer tem um irmão gémeo, Michael. E sim, sou team #michaelisadick - hashtag que o próprio ator, Tom Ellis, utilizou nas suas redes sociais. 

Mas voltando à série no geral, para quem não viu antes ou nem conhece está a dormir sobre uma pedra ou vive num outro planeta. Já publiquei a minha opinião sobre esta série, ainda quando ela só tinha quatro temporadas, por aqui no blog. E mantenho a minha opinião quando digo que ela melhora com o passar das temporadas. Para mim esta série é daquelas que podiam renovar quinhentas mil temporadas que eu via essas quinhentas mil. 

O que mais me encanta numa série é o conteúdo e a consistência do mesma, todo o enredo e a forma como as personagens são escritas e interpretadas pelos atores. A complexidade das personagens e as características das mesmas faz refletir sobre diversos temas muito atuais. E realmente esta série tem em conta todos os detalhes e toda a forma que foi escrita e produzida é de se aplaudir. Em menos de dois dias, vi esta primeira parte e aguardo ansiosamente a data de lançamento da segunda parte desta quinta temporada. 

A questão é o que podem esperar desta primeira parte? Podem esperar uma primeira parte que supera qualquer um episódio das temporadas anteriores. Podem esperar o regresso do Lucifer do inferno só que desta vez ainda mais apaixonado pela sua detetive. Podem esperar o mistério do costume, a resolução de crimes da nossa dupla preferida ou não!? (Não posso revelar tudo!) Podem contar com problemas da ordem celestial e/ou humana. E podem contar com tudo o que a série já nos habituou só que numa versão melhorada. 

Se querem uma boa série para este fim de semana, Lucifer não irá fazer-vos arrepender. Superou qualquer expectativa que tinha consoante a esta primeira parte e espero, sinceramente, que a Netflix anuncie bem rápido a data de lançamento da segunda parte pois agora uma pessoa ficou muito curiosa com o que aí vem.

A série já está disponível na Netflix e um dia depois da sua estreia, já estava no primeiro lugar do top 10 de vários países incluindo Portugal. 

Quem viu esta temporada? O que acharam?

Team Lucifer ou Team Michael? 

Contem-me tudo!

A minha obsessão pelos calções ciclistas...

Calções Ciclistas ou Biker Shorts, começaram por ser usado no mundo do ciclismo, tal como indica, mas depressa tornaram-se os queridos das fashionistas para o dia a dia. E assim, do desporto, invadiram também o street style e com ele trouxe a loucura para muitas de nós. 

Eles são perfeitos, confortáveis e podem até compor um bom look dependendo de como se conjuga. Pessoalmente já usei os meus para uma ida ao ginásio ou no meu dia a dia e o truque para quem tem as pernas gordinhas e chegam a fazer assaduras entre as pernas devido ao atríto nos dias de tanto calor é usá-los por debaixo da saia ou vestido. Eu garanto que eles me salvam a vida por isso e também foi por esse "problema" que os comprei.

Agora, voltando para o principal assunto, quero mostrar-vos como podem ser usados facilmente e combinam tão bem. A vantagem deles é que, por estarem em alta, podem encontrar em várias cores, diferentes tecidos e texturas. Vejam como podem usar e inspirem-se. 

Desde o salto aos rasos, desde os ténis às botas, desde um look mais descontraído ou mais elegante, os biker shorts provaram que estão a altura da nossa correria diária. Eu adoro! 

Quem mais desse lado gosta ou gostaria de usá-los? 

 

 

(Imagens: Pinterest)

5 filmes para ver neste fim de semana

É verdade, já é fim de semana novamente. Muitas pessoas a regressar das férias e tantas outras a caminho delas por isso, não há nada melhor que receber uma sugestão de cinco filmes para ver neste fim de semana, seja na praia ou depois dela estes filmes são maravilhosos e dão para toda a família se juntar e ver juntos, foi um dos cuidados que tive, filmes para todas as idades, com lições e objetos de muita reflexão. Filmes esses que também servem para entreter e expandir horizontes. 

Por isso espero que gostem da minha seleção para vocês. 

 

Misbehavior (2020)

"Um grupo de mulheres interrompeu a cerimonia do Miss Mundo em 1970, em Londres, fazendo uma crítica ao patriarcado, ao padrão estético inalcançável promovido por esse tipo de concurso e à objetificação feminina. O movimento foi muito comentado, mas não foi a única surpresa da noite. Afinal, quem levou o prêmio foi a Miss Granada Jennifer Hosten, a primeira mulher negra a vencer o concurso." *
 

Opinião: Este filme é inspirado numa história verídica e veio para quebrar tabus. O corpo "ideal" não tem medidas específicas e nós, mulheres, podemos ser tudo o que quisermos e não apenas rotuladas pela nossa imagem. Adorei a mensagem do filme e é completamente inspirador. 

 

High Strung (2016)

"Quando um violinista que toca hip-hop no metro de Nova York encontra uma bailarina do Manhattan Conservatory of the Arts um clima de romance se instaura. Com a ajuda de uma equipe de dança, eles devem encontrar um meio termo entre seus estilos para se apresentarem uma competição que pode mudar suas vidas para sempre." *

Opinião: Este filme já é um pouco antigo, talvez dos mais antigos deste post, mas acho que merece ser reconhecido, não só pela história que ele conta mas também pelo enorme talento de todo o elenco que dá ainda mais vida a esta história. Este filme, tal como o anterior, traz uma lição porém um pouco diferente mas igualmente importante: persistir em vez de desistir pois todo o esforço tem o seu momento de glória. E essa mensagem é muito importante ser transmitida. Já para não falar de romance misturado com dança, um cocktail perfeito, eu diria. 

 

Feel the Beat (2020)

"Em Feel the Beat, April (Sofia Carson) é uma dançarina que não consegue seu sucesso na Broadway e decide retornar à sua pequena cidade natal. Relutantemente, ela é recrutada para um grupo de jovens dançarinos desajustados para uma grande competição." *

Opinião: Mais um filme com muita dança. Adorei o enredo e o facto de colocarem crianças neste filme tornou-o ainda mais fofo. Verdade, nunca devemos desistir dos nossos sonhos. Isto é a principal mensagem a ter em conta e que pode ser retirada deste filme, uma de muitas para ser mais concreta. Gostei imenso deste filme e a protagonista, Sofia Carson, fez um papelão incrível.

 

The Sun Is Also a Star (2019)

"Natasha (Yara Shahidi) é uma jovem extremamente pragmática, que apenas acredita em fatos explicados pela ciência e descarta por completo o destino. Em menos de 24 horas, a família de Natasha será deportada para a Jamaica, mas antes que isso aconteça ela por acaso encontra Daniel (Charles Melton), que a salva de ser atropelada. Decidido a convencê-la que o encontro de ambos foi obra do destino, Daniel a desafia a passar um dia com ele, no qual tem a missão de fazê-la se apaixonar." * 

Opinião: Este filme é maravilhoso. No meio de uma história romântica há todo um contexto sobre famílias emigrantes nos Estados Unidos e também do espírito guerreiro de Natasha que luta e que vai atrás das oportunidades fazendo de tudo para que ela e a sua família permaneça naquele país. Tem muitas lições por detrás, não é só uma simples romance cliché. 

 

Work It (2020)

"Dançarina Imperfeita acompanha Quinn Ackerman (Sabrina Carpenter) que tem sua admissão na faculdade de seus sonhos dependendo de sua performance em uma competição de dança. Agora, ela precisa formar um grupo com os melhores dançarinos do esquadrão da escola e, principalmente, aprender a dançar." *

Opinião: Desde que o trailer foi publicado criei grandes expectativas em torno do filme, confesso que não fui a única. No entanto nunca imaginei que este filme poderia ser tão bom! Fala sobre uma rapariga que para entrar na universidade onde o seu pai estudou, mentiu numa entrevista de candidatura e toda a sua vida deu uma volta de cento e oitenta graus a partir dessa pequena mentira que fê-la aprender a dançar e a criar a sua própria equipa de dança com a ajuda da sua melhor amiga. Adorei este filme desde o primeiro segundo, o título em português é que não tem nada haver e isso irrita-me profundamente quando criam traduções esquisitas do título original. Dançarina Imperfeita, dizem eles... onde já se viu! 

 

E pronto, estão aqui os cinco filmes que aconselho a fazerem maratona neste fim de semana. 

Qual é o filme que também recomendam que assista? 

Bom fim de semana!

 

 

 

* Sinopse do site Adoro Cinema.

Playlist | As últimas que não me saem da cabeça

A música e eu temos uma relação maravilhosa uma com a outra. Não dá para explicar aquilo que sentimos mutuamente! Agora a sério porque o assunto merece tal seriedade, não passo um único minuto sem ouvir música, como por exemplo, neste preciso de momento em que estou sentada comodamente no meu sofá, tenho o Spotify conectado à minha TV com a minha playlist FAVS a tocar, aquela que vos tanto falo por aqui. 

Para mim, a música é muito mais que um poema escrito com uma melodia rítmica de fundo. Na verdade, a música é a minha companhia, é o meu escape nos dias de maior stress e nos dias em que a "solidão" bate à porta, isto porque ser filha única tem destas coisas, no entanto não me queixo! 

Por isso decidi partilhar convosco as músicas mais recentes que não me saem da cabeça isto porque amanhã, muito provavelmente, vou encontrar mais música que me vai encantar porque, para quem não sabe, sexta-feira é dia de novos lançamentos nacionais e internacionais.

Spoiler Alert: Nesta playlist vão encontrar um pouco de tudo! Desde reggeaton (que para quem me segue a algum tempo por aqui sabe o quanto eu amo este estilo de música mais latina!) ao pop, passando pelas músicas brasileiras, enfim... toda ela recheada com aquilo que eu gosto e que eu realmente tenho ouvido nos últimos tempos. 

E assim terminamos mais uma ronda de boa música que me viciei. Todas elas estão na minha playlist lá no Spotify, como já é costume.

E vocês, quais são as músicas que não vos saem da mente?

 

7 peças essenciais para a meia estação

Vou fazer-vos uma confidência. Sim, adoro o verão porque cada vez mais as tendências destes últimos anos fogem aos básicos shorts jeans e t-shirt. Mas, mesmo assim, a minha altura preferida para me vestir é sem dúvida a meia estação. As épocas de transição entre as roupas frias de inverno e as roupas mais leves de primavera/verão bem como a transição entre as roupas mais leves para as roupas mais aconchegantes e quentinhas são, a meu ver, aquelas alturas em que o estilo fala mais alto.

E talvez por isso, ou porque talvez já há um grande alarido sobre as tendências de outono - inverno, decidi facilitar-vos a vida e resumir aquelas que são as dez peças obrigatórias para esta transição. 

 

Saia Plissada 

Para mim é uma peça em ter em consideração durante todo o ano. Acho que são das tendências que mais uso a partir do momento em que elas voltaram a estar em destaque. E há muito por onde escolher, entre lisas ou padrões, estampas e texturas diferentes, estas saias são, sem dúvida, uma das peças chave que todas nós precisamos de ter no armário pela sua facilidade em conjugar. 

 

Jacket Dress

Estes vestidos marcam pela elegância e pode ser usado desde o escritório ou para uma saída à noite ou algum evento mais formal. Pessoalmente, adoro! É uma boa opção para aqueles dias em que não sabemos bem o que vestir mas sabemos que queremos arrasar. 

 

Gola Alta

Devo confessar que durante algum tempo não gostei mas agora sou maluca por gola alta. Acho que não há nada mais elegante, confortável e quente com uma gola alta, então nos dias mais frescos é algo maravilhoso.

 

Jaqueta Jeans

Jaqueta Jeans ou Denim Jacket, como preferirem. É algo muito típico sobretudo no vestuário dos adolescentes, no entanto, não significa que também não pode usar aos 30 ou aos 40. E aproveitem porque este ano é uma peça que toda a gente precisa de ter. Eu própria tenho uma em branco e nunca sei bem como combinar mas me inspiro em outros outfits e fica mais fácil na hora de vestir. 

 

Long Cardigan

Os casacos por serem mais leves são facilmente peças de transição a ter em conta no armário. Este ano, seguindo os mesmos moldes dos anos anteriores, os casacos longos são uma boa opção para nos proteger da brisa fresca e simultaneamente dar uma outra dose de estilo ao nosso outfit

 

Saia de Ganga

As saias de ganga (ou denim skirts) são uma tendência incontornável que ganhou um lugar muito poderoso nestes últimos anos. E sim, também pode ser usada nesta época de meia estação desde que seja  conjugada de forma correta e acreditem que é possível conseguir bons outfits nesta época com esta peça de roupa. 

 

Ribbed Knits

A malha canelada está em alta e pelos vistos continuará assim por mais algumas estações. É algo extremamente confortável e aconchegante, que merece o seu devido destaque nesta meia estação. Sobretudo em sweatshirts ou calças ou então até mesmo camisolas com decote em V, fica lindo e é tão acessível de conjugar com outras peças e diferentes texturas.

 

E pronto. Eis as sete peças que vieram para ficar e que prometem dar aquele toque final no look.

Quais destas peças irão aderir? 

 

 

(Imagens: Pinterest)

Hit or Miss? | Cow Print

Vamos lá falar sobre isto. Por norma sou muito tolerável com as tendências que são lançadas mas quando declaram tendência ao estampado semelhante à pele das vacas, pessoalmente senti-me ofendida. 

Agora a sério, eu sendo adepta de diversos estampados que imitam os "padrões" da pele dos animais fiquei chocada com esta tendência por completo. Simplesmente é algo que me identifique mas a partir do momento em que diversas fashionistas pareceram aderir à tendência, mesmo não gostado dela, tenho que vos falar e manter informado com o que se está a passar. 

Sim verdade, a moda agora é vestir-mos com estampado de vaca, leram bem! Podem usar numa peça de roupa ou mais, caso não tenham medo de ousar ou então em acessórios para as mais discretas. O que é certo é que vale tudo! 

Vejam só como se usa por aí. 

Esta tendência prolongar-se-á até à próxima coleção de outono - inverno por isso pode ser que até lá consiga mudar a minha opinião consoante a esta tendência, coisa que dificilmente acontecerá, mesmo assim veremos. Porém, ficou bem claro que para mim esta tendência é um autêntico MISS.

E para vocês? É um hit ou um miss.

 

(Imagens: Pinterest)

Review | Makeup Revolution Conceal & Define Concealer

Se há algo que eu adoro testar é maquilhagem, gosto de experimentar e tirar as minhas conclusões sobre os diferentes produtos que eu compro. Uns gosto outros nem por isso mas não os deixo de usar até ao fim dando-lhes uma e outra oportunidade. Recentemente comprei este corretor da Makeup Revolution que, quando foi lançado pela marca, houve rumores de que este seria a versão mais barata do famoso Shape & Tape da Tarte, no entanto, que fique bem claro, que eu não experimentei o da Tarte para retirar o veredicto final. Um dia, se tiver essa oportunidade, irei, com todo o gosto, contar na primeira pessoa a minha experiência com ele e se realmente são iguais, semelhantes ou nada haver. 

Foquemo-nos agora no ponto da questão: o que eu achei sobre este corretor. Antes de mais, quero referir que esta é a minha segunda embalagem, não pela qualidade do produto mas sim pelo lapso da cor porque, em tempos de pandemia, os testers nas lojas são inexistentes e as cores nas embalagens acabam por se tornar muito parecidas e uma pessoa fica na dúvida de qual levar. O que importa é que desta vez, acertei em cheio na minha cor. 

B28D6BCD-79D9-4230-BAA4-218C399B72AF_1_105_c.jpeg

Aqui está ele. Comecemos pela embalagem, pessoalmente adoro-a. Ela é simples mas tem detalhes em rose gold o que o torna bem fofinho. Esta embalagem contém 4g de produto no entanto existe uma versão de 13g de produto, mas que eu não consegui encontrar. A marca disponibiliza o total de 50 tons para qualquer cor de pele o que é ainda mais incrível. O aplicador é gordinho e macio e a quantidade de produto que trás é a suficiente para cobrir a olheira, pelo menos no meu caso. A marca promete que este corretor tem uma cobertura leve mas suficiente para cobrir todas as imperfeições, com um acabamento matte que não acentua linhas nem poros e para além do mais, ainda afirma que tem longa duração e pigmentação intensa.

58F90D47-F5CA-40E2-B4A2-3955D0D122EE_1_105_c.jpeg

Na minha opinião e esquecendo tudo o que a marca promete, este corretor tem de facto uma textura cremosa. Quanto à cobertura, vai de encontro àquilo que a marca afirmou, é muito leve mas, mesmo assim, consegue cobrir as imperfeições sem pesar na pele. Notei que este produto demora um pouco a secar para ficar no ponto para esfumar tudo mas, a meu ver, não é um ponto negativo uma vez que eu gosto de aplicar o corretor em todas as áreas que preciso e só depois começar a esbater na pele com uma esponja. No que toca a duração, minha gente, eu fiquei chocada. Para testar uma coisa, eu gosto de a usar o dia inteiro, na minha rotina e eu senti que este corretor dura o dia inteiro, mantém uma boa cobertura com o passar das horas mesmo com o clima quente e húmido ele resulta muito bem. Um ponto que talvez vos deixe com o pé atrás é que ele acumula um pouco de quantidade com o passar das horas, no entanto, na minha opinião, não é um ponto negativo, uma vez que se trata de um produto líquido é normal que isso aconteça, até porque não acentua as linhas de expressão nem nos poros tal como a marca indica. Nada que um pó translucido não resolva. 

Em suma, este corretor é talvez dos melhores corretores que já usei tendo em conta o factor qualidade - preço. Recomendo-o vivamente para o verão pois tenho a certeza que, mesmo em peles mais oleosas como a minha, vão dar-se absolutamente bem. Ele é leve e cobre tudo na perfeição e a sensação que dá é como se não estivessem a usar nada na pele e depois o facto da marca ter adicionado ainda mais tons desde a altura do lançamento do produto é um factor que me faz aplaudir de pé pois acredito que todas as pessoas merecem sentir-se incluídas no mundo da beleza e são marcas assim que merecem a minha atenção. E por falar em atenção, esta marca também merece a nossa devida atenção por se tratar de uma marca cruelty free e este produto em específico é vegan portanto, temos aqui mais um motivo para enaltecer uma marca como esta que pensa na beleza para todos. Quanto à minha cor, comprei na cor C3, na Well's pelo incrível preço de 4,99€. Assim vale a pena investir.  

Quem por aí também já testou? 

Inspo Decor | Mármore

Estou apaixonada por completo pelo mármore. Esta pedra, para além de lindíssima, virou "padrão" e invadiu sobretudo a decoração dando um toque mais luxuoso à divisão em questão. Sim porque agora a tendência não é só nas bancadas da cozinha ou no chão mas sim nas paredes ou num simples detalhe de decoração. 

E não poderia deixar de partilhar convosco de modo a se inspirarem a renovar uma divisão vossa dando uma outra vida com apontamentos em mármore, sendo ele mesmo em pedra, ou como "padrão". Vejam só como fica lindo. 

E uma pessoa fica tão inspirada com estas imagens. Se puderem, apostem no mármore, até mesmo nos pequenos objetos para dar uma apontamento diferente na vossa decoração. 

E vocês, também gostem deste "padrão"? 

 

 

(Imagens:Pinterest)

A autora

foto do autor

Translate

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D