Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Conversas e Café

Músicas para Stories

Muitas pessoas me perguntam onde é que vou buscar tanta inspiração de músicas para os stories. Vou ser-vos sincera, eu tenho um pequeno truque, deixar anotado nas notas do iPhone as músicas que ouço no Spotify e que gosto e depois, dependendo do estado de espírito que quero transmitir ou simplesmente uma música que não me sai da cabeça, eu coloco juntamente com a minha foto que quero partilhar no meu story do Instagram. E é assim que tudo se processa. Raramente se repete porque eu ponho em modo checklist e à medida que vou colocando, vou pondo um certo para não me esquecer que já publiquei. Por isso vou deixar- vos diferentes alternativas de músicas para vocês, de acordo com diferentes estados de espírito, para que possam surpreender os vossos seguidores no que toca à música que possam escolher. 

E pronto malta, aqui está umas sugestões de músicas para fugir às músicas populares dos stories

Espero que tenham gostado. 

 

 

 

São João em tempos de Covid

Junho é o mês dos Santos Populares. Aqui, na Madeira, o mais festejado é São João. Todos os anos o ponto de encontro para este tipo de festa é a promenade, junto à praia onde se reencontra amigos e conhecidos, pessoas que já não vemos nem falamos a algum tempo pelas diversas circunstâncias da vida. Todos os anos, nesse mesmo ponto de encontro, faz-se um piquenique onde se leva já cozido de casa atum escabeche, batata cozida, feijão e faz-se ali uma ceia. Isto tudo na véspera. E quando bate as doze badaladas, os mais corajosos atrevem-se a mergulhar no mar gélido ou simplesmente molhar os pés como manda a tradição. Este ano, pelas circunstâncias que vivemos, não será nada assim! Será diferente. Será estranho. Estranho por não puder repetir a tradição nem as celebrações, estranho porque não haverá os banhos à meia noite, enfim. Este ano, não haverá São João, nem convívios que permitam o ajuntamento de pessoas, tal como em todo o país. Este ano será apenas mais um dia que será lembrado não pelo convívio, não pelas gargalhadas nem pelos abraços mas sim pelo ficar em casa. Mas se só assim podemos contribuir para que não haja um novo aumento de casos, então que assim seja. 

Que para o ano, se tudo correr bem, voltaremos a invadir as ruas com cores, alegria, música e muita diversão mas por enquanto, este ano, viveremos uma outra realidade, talvez como aprendizado de dar o devido valor à liberdade que tínhamos, quiçá!

Histórias por detrás das minhas fotos do Instagram

Bom dia malta, o post de hoje é bem diferente do que estou habituada a escrever por aqui porém é interessante puder partilhar isto. Sempre que navego pelo Instagram e me preencho com imagens inspiradoras e perfeitas das pessoas que sigo por lá, tento sempre imaginar o "por detrás das câmaras", os momentos fail até conseguirem obter o resultado final, naquilo que se inspirarem para tirar aquela foto, a localização e até mesmo na edição da imagem. E ninguém imagina a trabalheira que dá para ter um Instagram "bonito" e organizado. Eu bem tento ter o meu assim mas já algum tempo estagnei nas fotografias porque, entretanto, a minha rotina alterou-se e simplesmente não tenho ido para sítios que me inspiram a fotografar. 

No entanto, de todas as minhas fotos no Instagram, tenho momentos hilariantes e outros surpreendentes por detrás dos cliques, dos likes e do resultado final. Um processo infindável, enfim. Por isso, decidi partilhar algumas das minhas fotos de Instagram e as histórias por detrás do que vocês veem para vocês rirem-se também. 

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

ela está tão na boa que até o coração dela está a sorrir❣️

Uma publicação partilhada por Juliana Ferreira (@julianamf1609) a

Esta foto foi tirada pela minha mãe no Cristo Rei, no Garajau. Tiramos, sem exagero, umas trezentas fotos e foi necessário convencerem-me a publicar. Para ser sincera, não sei, não gostei do resultado delas, na minha cabeça todas elas tinham um defeito. E foi preciso cortar o tamanho da foto e editar para gostar delas.

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

But these are days we dream about when the sunlight paints us gold. 🌅

Uma publicação partilhada por Juliana Ferreira (@julianamf1609) a

Das minhas fotos preferidas. Ao pôr do sol. Tirei na Figueira da Foz, na minha última viagem a Coimbra. Sem muitos esforços, só queria que se visse o quão bonito estava aquele pôr do sol. Apesar de afónica e cheia de dores de garganta, ali estava eu, a captar o momento. Depois de a tirar, nem me preocupei em ver como tinha ficado. Aproveitei o simples facto de estar ali.

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

I don’t care if you think I am 15 because my CC says I’m turning 18 today 🧡 so Happy Birthday to me 🥳🎁

Uma publicação partilhada por Juliana Ferreira (@julianamf1609) a

Esta foi a foto que decidi publicar no dia dos meus anos, no ano passado. Na verdade tirei - a três dias antes, quando fui celebrar o aniversário de uma das minhas melhores amigas e a legenda foi sem dúvida o ponto alto da foto porque sim, sempre que digo a alguém que tenho 18 anos as pessoas ficam surpresas porque, aparentemente, para elas tenho cara de quem tem 15 ou 16 anos. Lado positivo: quando chegar aos 40 vou parecer que tenho 20. 

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

A alegria é a coisa mais séria da vida. 🙃

Uma publicação partilhada por Juliana Ferreira (@julianamf1609) a

Estas fotos no The Red Car ficaram bem lindas. São as minhas preferidas. Foi na altura que este estabelecimento abriu, só se via fotos por lá e como tinha uma vibe de anos 80 a 90, vesti-me também nessa vibe quando eu e as minhas amigas decidimos passear por aqueles lados. Eu adorei o sítio e confesso que são das minhas melhores fotos de Instagram.

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Growing up

Uma publicação partilhada por Juliana Ferreira (@julianamf1609) a

Esta foto foi tirada no Castanheiro Boutique Hotel, local onde eu e uns amigos costumávamos ir ocupar o tempo entre feriados de aulas. Neste dia, como estava a chover não tivemos aula de educação física e decidimos passear porque, assim que toda a gente se despediu do professor o sol voltou a brilhar. Momento para dar uma fugida até um dos sítios do costume. A história hilariante desta foto é que me sentei num banco que estava ainda um pouco molhado e fiquei com uma boa parte das minhas pernas molhadas, só não chegou ao rabo porque o casaco era impermeável e não deixou passar água,claro que fiquei com alguma raiva na minha pessoa por não ter se certificado que aquela parte do banco estava molhada antes de me sentar, burrinha.E para piorar a coisa, tinha teste logo na aula depois. Cheguei à escola, fiz o meu teste, ainda com as calças húmidas e tirei alta nota nesse teste, pelo menos alguma coisa a meu favor. No entanto, a foto fico ótima (tive que recortar apenas um pouquinho para ninguém se aperceber do "acidente") e isto serve para vos dar duas lições: primeira, nunca se sentem em nada só porque aparentemente vos parece seco, certifiquem-se com a mão antes de se sentarem, e segundo, a vida no Instagram é tudo muito perfeito mas o "por detrás das câmaras" é bem real.

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

In peace ✌🏼

Uma publicação partilhada por Juliana Ferreira (@julianamf1609) a

Num outro feriado de aulas, decidimos ir para o Jardim Municipal do Funchal e o que aconteceu foi isto. O sol bateu no momento em que estava a tirar a foto e criou um arco - íris. Não foi nada planeado, apenas aconteceu e ficou tão lindo.

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Women hold up half the sky. ✨🌙

Uma publicação partilhada por Juliana Ferreira (@julianamf1609) a

Ainda me pergunto como é que não falei desta. Isto foi tirada numa parte da marinha do Funchal. Mesmo com pessoas a passearem no cais, consegui tirar umas quantas fotos incríveis. Este ângulo ficou mesmo muito bom. O objetivo era aparecer um pouco do céu e a parede por detrás de mim, o máximo de parede possível até porque eu me apaixonei pela arte e pelos símbolos das pessoas que por lá passaram, de tantos países e tantas nacionalidades diferentes, que decidiram deixar a sua marca ali. E este foi o resultado final.

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Um palavra: Gratidão 🙏🏼

Uma publicação partilhada por Juliana Ferreira (@julianamf1609) a

Dos tempos em que tinha o cabelo gigante. Quero voltar a ter. Facto interessante: fiz madeixas que acabaram por arrebentar imenso o cabelo, mesmo usando shampoos de cabeleireiro e tudo mais, a única solução foi cortar. Esta foto foi tirada no Porto Moniz, no dia em que fiz os meus 17 anos mas publicada dias mais tarde.

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Juliana Ferreira (@julianamf1609) a

No dia que tirei esta foto, não estava a sentir-me confiante para a publicar, nem sei bem. Sentia-me mal comigo mesma, no que dependesse de mim esta foto nem seria publicada mas tive um monte de pessoas (familiares) que insistiram tanto para que as publicasse. E agora que olho para trás, vejo que seria um desperdício se não as publicasse. Lembro-me tanto desse dia, foi tão bom!

 

 
 
 
 
 
Ver esta publicação no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação partilhada por Juliana Ferreira (@julianamf1609) a

Para quem me conhece sabe o quão picuinhas e exigente sou com fotos, neste dia, massacrei a minha prima com tanta foto. Até senti pena dela que no final do dia já revirava os olhos quando lhe pedia para que tirasse mais uma. Na verdade, as fotos, no geral, até que ficaram bem mas pela quantidade que ela tirou, se eu achasse que não tinha nenhuma que se aproveitasse, acho que ela me "matava".

 

E pronto, revelei um pouco das histórias dos bastidores das minhas fotos de Instagram. 

Espero que tenham gostado.

Beijinhos. 

As marcas de cosmética que não testam em animais

Se há coisa que eu me preocupo antes de comprar um produto de cosmética, seja ela maquilhagem ou skincare, é se esta é cruelty free ou não. Uma marca cruelty free é aquela que não testa em animais mas que não deixa de ter a sua credibilidade na cosmética que vendem. São essas marcas que confio e que dou preferência.

Esta minha "preferência" por marcas de cosmética que são não usam animais como cobaias para testar os seus produtos começou quando houve toda um polémica nas redes sociais em torno deste assunto e da forma tão desumana e chocante como tratam os bichinhos. Uma dessas imagens, que tanto me chocou, foi ver como os coelhinhos ficavam com os olhos, tudo por uma questão de vendas, dinheiro. Por isso, acho que essas marcas que fazem estes testes não merecem o meu dinheiro. 

Por isso ficam aqui algumas marcas que vendem em/para Portugal e que são completamente cruelty free:

  1. The Body Shop
  2. O Boticário
  3. NYX 
  4. Essence (a minha preferida em termos qualidade/preço)
  5. Kiko 
  6. Kat Von D 
  7. LUSH Cosmetics
  8. H&M
  9. Nabla
  10. Flormar
  11. Aveda
  12. Anastasia Beverly Hills
  13. Too Faced 
  14. Urban Decay
  15. Bare Minerals
  16. Illamasque
  17. BECCA
  18. Catrice
  19. Inglot
  20. Lime Crime
  21. Marc Jacobs Beauty
  22. Fenty Beauty
  23. Quem Disse Berenice
  24. MD Formulations
  25. Dose of Colours
  26. Dr. Organic
  27. Dermalogica
  28. E.L.F
  29. Farsáli
  30. Huda Beauty
  31. ILIA Beauty
  32. Hourglass
  33. It Cosmetics
  34. Jeffree Star Cosmetics
  35. Jouer
  36. Kylie Cosmetics
  37. Laura Geller 
  38. Makeup Revolution
  39. Melt
  40. MUA - Makeup Academy
  41. Morphe
  42. Nails Inc
  43. Natasha Denona
  44. Nip + Fab
  45. OFRA Cosmetics
  46. Pixi
  47. Physicians Formula
  48. Rituals
  49. RCMA
  50. Rodial
  51. Sleek
  52. Sol de Janeiro
  53. Tarte
  54. The Ordinary
  55. Viseart
  56. ZOEVA
  57. theBalm
  58. Glossier
  59. Youth Lab 
  60. Filorga

E pronto, deixei aqui cerca de 60 marcas de cosmética que não testam em animais, sendo assim, 100% cruelty free. 

Espero que tenha sido útil para vocês. 

Beijinhos.

 

Feminismo

Nos últimos tempos temos lidado tanto com diversas manifestações, tudo por diferentes causas. Seja contra o racismo ou a favor do feminismo, há diversos movimentos e ideias para defender mas sinto que muitas das vezes as pessoas comecem a defender e ganhar voz sobre as mais diversas causas ridiculamente radicais que mais parece que não conhece o verdadeiro conceito da palavra. 

Uma das causas que mais se tem falado atualmente é o FEMINISMO e por isso mesmo vim esclarecer o conceito e dar a minha opinião sobre o tema e sobre a defesa da causa em questão. 

 

Conceito de Feminismo

Feminismo é um conjunto de movimentos políticos, sociais, ideológicos e filosofias que visam defender direitos equânimes e uma vivência humana por meio da afirmação de poder feminino e da libertação de padrões baseados nos géneros. Envolve a defesa da igualdade entre os homens e as mulheres nos mais diversos contextos: sociais, económicos, políticos, etc. , para além de promover os direitos das mulheres e os seus interesses.  

Na minha opinião, as pessoas que defendem este mesmo conceito, por vezes defendem-no de modo tão extremista. Atualmente, cada vez mais as mulheres lutam pelos seus direitos, pela sua independência e pela sua posição na sociedade, e eu como mulher, acho dignamente importante pois os tempos são outros e as mulheres também merecem estar em sociedade e criar a sua posição na mesma. No entanto, se há coisa que não concordo e que me preocupa neste tema é a forma de como as mulheres estão a fazer-se ouvir.

Dentro do feminismo, a defesa dos direitos e interesses, é muito divergente a nível de opiniões. Muitas delas erradas. Pois há mulheres que ao lutarem por esta causa seja em manifestações ou até mesmo nas redes sociais excedem-se. Vamos lá ver uma coisa: se nós estamos a defender os nossos direitos e interesses, se estamos a lutar por um lugar nos mais distintos cargos, seja a nível político, social ou até mesmo profissional, não temos o direito de rebaixar o sexo oposto. Se queremos tanto marcar a nossa posição nos mais diferentes campos da vida, devemos sim lutar pela igualdade sem desdenhar os homens e tratando-lhes da forma como eles nos tratem. Assim não, a meu ver, não se chega a lado nenhum. Se queremos lutar pela igualdade nas mais diversas categorias (social, político, financeiro, profissional) temos de estar à altura e mostrar que somos competentes para liderar sem passar à frente de ninguém e conquistar os nossos direitos e interesses pelo nosso próprio mérito. 

Assim sim, isto é feminismo! 

Pensem bem, antes de defenderem qualquer causa. Eu defendo o feminismo mas bem consciente do conceito por detrás desta causa.

 

11 razões para tomar colagénio

Olá malta, hoje vim compartilhar convosco os motivos para tomar colagénio. Pessoalmente comecei por tomá-lo, como suplemento alimentar, nesta quarentena. E um dos motivos foi, sem dúvida, o enfraquecimento e a queda de cabelo. Já revelei que tenho tendência à queda de cabelo devido a n factores desde a insulina até a problemas hormonais que fazem com que a queda de cabelo bem como o enfraquecimento do mesmo seja algo natural e contínuo independentemente das estações do ano. 

Por isso pesquisei sobre o assunto e depois daquilo que li, decidi começar a tomar este suplemento. 

O que é o colagénio?

O colagénio é das principais proteínas estruturais do nosso corpo de origem animal. Tem como função primordial dar firmeza, sustentação e elasticidade à pele, cartilagens, músculos e estruturas do corpo cujo não necessitam de sustentação dos ossos mas sim de suporte. 

 

Onde está presente?

O colagénio encontra-se presente na alimentação tal como todas as outras proteínas necessárias ao funcionamento do nosso organismo, no entanto, há alimentos que são mais ricos nesta proteína que outros. As principais fontes de colagénio são:

  • Gelatina
  • Carnes e ovos
  • Frutas cítricas e frutos vermelhos
  • Castanhas, nozes e amêndoas
  • Aveia e soja
  • Tomate, pimenta e beterraba
  • Vegetais de cor verde- escuro (brócolos, por exemplo) e laranja
  • Chá branco
  • Alho
  • Peixes e ostras
  • Feijão 
  • Ervilhas 
  • Uva

No entanto, é importante reforçar a suplementação desta proteína no organismo. E um bom suplemento alimentar composto essencialmente por colágenio pode ser uma boa opção. Tomo em cápsulas mas também existe a opção de Colagénio ou Colagénio Hidrolisado em saquetas que permite desfazer em sumos, água, sopas, etc. 

Benefícios de tomar colagénio: 

  1. Ajuda na hidratação e elasticidade da pele, prevenindo e atenuando a celulite e as estrias.
  2. Regula a produção de insulina. 
  3. Fortalece o cabelo, unhas, ossos e articulações.
  4. Melhora a resistência dos músculos.
  5. Dá saciedade, portanto, é um bom aliado para a perda de peso. Porém, o colágenio em pó da melhor sensação de saciedade comparativamente aos de cápsula. 
  6. Ajuda a desintoxiacar o fígado e cura os efeitos da ressaca no dia seguinte.
  7. Ajuda a evitar as úlceras de pressão - lesões que se formam na pele quando uma parte do corpo fica muito tempo na mesma posição. 
  8. Reveste o intestino, evitando inflamações. 
  9. Reduz o surgimento de rugas e ajuda a tratar aquelas que já estão presentes.
  10. Ajuda na saúde hormonal e na saúde dentária. 
  11. Trata cicatrizes. 

Comprei um fraco com 60 comprimidos por 15,95€ na Bioforma. Sendo que tomo uma cápsula por dia, dá  para dois meses e considero que é um investimento pequeno face à quantidade de produto. E em menos de dois meses de suplementação, já notei diferença, principalmente no cabelo, que era o principal objetivo mas também na própria pele. O rosto está mais bonito e aparenta muito mais saudável, até mesmo o acne está mais calmo. As poucas estrias e celulite que tenho, devido ás constantes alterações de peso, estão cada vez menos visíveis. Portanto estou a notar os efeitos e estou a gostar muito deles. 

Só bons motivos para tomar colagénio então aliado com um estilo de vida equilibrada e saudável, os resultados notam-se.

Contem-me se tomem qualquer suplemento alimentar.

 

Ideias de como organizar a maquilhagem

Se há coisa que eu gosto é maquilhagem. É algo que uso com regularidade no meu dia a dia. É como se fosse a minha terapia. Mas chega uma altura que uma pessoa se perde no meio de tantos produtos por isso a organização é essencial, não só por um motivo de estética/decoração mas também por uma questão de praticidade na correria do dia a dia. Por isso, nada melhor que umas ideias de como arrumar a vossa maquilhagem de acordo com o vosso espaço. Inspirem-se. 

Dicas para uma melhor organização

  1. Invista nas caixas em acrílico, cestos, potes, etc. 
  2. Identifique as gavetas/caixas de acordo com o conteúdo que está lá dentro. 
  3. Coloque os produtos que usam com mais frequência mais à mão, caso organizem numa penteadeira/tocador, prefira as primeiras gavetas para os colocar. 
  4. Organize a sua maquilhagem em função do espaço que tem, tentando criar um ambiente confortável e relaxante. 
  5. Manter tudo no lugar tal como organizou na primeira vez.

 

E pronto. Foram estas as ideias para que possam ter uma melhor organização da vossa maquilhagem. 

Espero que tenham gostado. 

Bom fim de semana. 

 

(Imagens: Pinterest)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

As vidas negras importam!!

Entro em colapso mental quando penso na maldade que há neste MUNDO. Incrível como evoluímos em tanta coisa mas ainda temos tanto para evoluir. Ainda somos tão retrógrados e preconceituosos pela diferença da cor da pele, da cultura, dos hábitos e costumes. É como se apenas existisse uma cultura ou uma cor de pele certa. E como se a diferença fosse motivo de gozo, preconceito, perseguição, abuso. Mas no fundo somos todos seres humanos iguais, de carne e osso. É impressionante o quanto a nossa mentalidade ainda está nos tempos do Hitler ou nos tempos de escravidão. Tempos remotos mas ainda muito atual. E é triste pensar no quanto o ser humano ainda julga pelas aparências e cria rótulos em torno dessas pessoas só pela diferença de cultura e cor de pele. É algo terrível, algo tão desumano. E em vez de haver uma união entre pessoas de cores de pele diferentes, de haver convivência e de haver a oportunidade de expandir os horizontes e mente de cada um quanto à noção de cultura, há uma preferência tão desumana em humilhar, julgar, descriminar e até mesmo matar. O quão desumano é esta realidade? O quão triste é viver assim? Não entendo a necessidade de tirar a vida de alguém. Não entendo o facto de ter uma cor de pele diferente seja motivo para abuso e descriminação. Não entendo o porquê destas pessoas não puderem ter voz neste mundo. Não entendo. E para mim, não há nada que possam dizer, não existe argumentos válidos quanto a este tema que me leve a entender tanto ódio e tanto preconceito. E são nestas alturas em que uma pessoa pensa, qual é o propósito de tudo isto? Não são seres humanos como nós? Não são feitos de carne e osso? A cor de pele, a cultura e os rótulos fazem deles mais ou menos pessoas do que nós? Qual será o motivo de tamanha injustiça perante estas pessoas? Eu vejo muito para além da cor, independentemente da sua religião, da sua cultura, são pessoas, são HUMANOS, e têm os mesmos direitos e deveres que eu. Eles também têm algo a acrescentar neste mundo, têm as suas opiniões, os seus valores, são tão preciosos como todos os outros. Cada um com um propósito. E infelizmente, não têm tanta voz. Mas nós, os "brancos" temos o dever de gritar por eles. Pois as vidas negras também importam. Por isso vamos todos gritar mais alto contra todo e qualquer preconceito que exista, vamos dar-lhes voz, vamos erguê-los perante todos aqueles que os maltratam, que os descriminam. Porque somos todos iguais. E se eles não têm poder suficiente para ser ouvidos vamos gritar ainda mais alto com eles contra a injustiça para que a cor de pele não seja motivo para discriminação. 
A diferença é importante! 
As vidas negras também importam!! 

Skincare | Os ácidos certos para a sua pele

O segredo para uma pele perfeita não passa apenas pela maquilhagem mas sim pelos cuidados que temos com ela. Por isso é importante limpar, esfoliar, hidratar e proteger da correria do dia a dia. Hoje em dia, a rotina de cuidados de pele não passa só por os cremes mas existe cada vez mais produtos que podem fazer maravilhas. Desta forma, decidi falar-vos sobre ácidos e os benefícios para a pele.

Em primeiro lugar devem de conhecer o vosso tipo de pele e o estado da vossa pele (post aqui). Depois disso, devem de ter em mente o seguinte: os ácidos são eficazes e deixam a pele como nova porém, alguns deles requerem especial atenção no seu uso de modo a não serem muito evasivos para a vossa pele, especialmente se estiverem num estado de maior sensibilidade. 

Nota que é muito importante saber que há diferentes tipos de ácidos para diferentes tipos e estados de pele, deste modo, dependendo do seu tipo de pele, os ácidos que necessitam diferem de pessoa para pessoa. E é importante, também observar que a eficácia de um cosmético não se resume apenas a um ingrediente em específico mas sim à sua fórmula em geral. Lembre-se sempre que menos é mais e que os ácidos são um dos pordutos a implementar na sua rotina de pele, não o único cosmético a utilizar. 

 

Ácido Glicólico 

Da família AHA (alfa hidroxiácidos), é o mais conhecido e mais usado na cosmética. Com propriedades esfoliantes e hidratantes, o ácido glicólico também ajuda na produção de cologénio da pele. 

É indacado para peles normais a secas, com manchas ou marcas. Podendo ser utilizado também por peles mistas e oleosas podendo, também, auxiliar no tratamento de acne. Sendo este ácido fotossensibilizante, aumenta os danos do sol na pele, desprotegendo-a, assim, dos raios UV. Por isso, é recomendável o uso de de protetor solar com SPF 30, de mínimo. Como é um ácido "potente" pode irritar a pele, deste modo, é recomendável utilizar pequena concentração deste ácido e incluindo gradualmente na sua rotina (em dias alternados, por exemplo) tendo em conta com a sua pele pode reagir ao mesmo. 

Nota que o uso deste produto não é recomendado em conjunto com outros esfoliantes e alguns outros trantamentos, nisso inclui-se retinol, ácido ascórbico, etc. por poder tornar-se demasiado para a pele. Em peles sensíveis o seu uso também deve conter alguma cautela. E caso os produtos têm vários ingredientes e outros tipos de ácidos, deve-se, então, seguir o modo de aplicação desse mesmo produto. 

 

Ácido Salicilico

Este ácido é um BHA (beta hidroxiácido) lipossolúvel. Este ácido é bem conhecido essencialmente por esfoliar a pele e ajudar na sua renovação. Sendo solúvel em lípidos (gorduras), este ácido atua perfundamente nos poros do rosto ajudando a limpá-los na totalidade. Por isso mesmo é aconselhável caso pretendem fazer uma limpeza na pele e remover qualque sinal de acne na pele. Além disso, é considerado um antibacteriano e um anti-inflamatório poderoso para a pele. 

É ideal para quem tem peles oleosas e mistas com tendência a acne e pontos negros. Pode ser usado tanto de dia e de noite, não sendo fotossensibilizante. No entanto tem uma ação esfoliante, por isso mesmo deve ser utilizado um protetor solar durante o dia. 

Cuidado para pessoas com pele sensível pois pode ser irritar ainda mais a vossa pele e o ideal é o uso de produtos com ingredientes calmantes.

 

Ácido Hialurónico  

O quanto se fala de ácido hialurónico. Mas será que sabem para que serve? Digamos que é ingrediente essencial para quem tem a pele seca pois tem a capacidade de reter uma grande quantidade de água, impedindo, assim, a desidratação da pele, deixando, inclusive, com uma melhor aparência. Ao contrário dos outros dois ácidos anteriores, este não tem propriedades esfoliantes não sendo agressivo para a pele. 

É um ácido obrigatório para a pele seca porém pode ser usado em qualquer tipo de pele ajudando a reter a água da pele, daí os aspeto de um maior preenchimento na pele. Também pode ser usados durante o dia e 
à noite e combinar com qualquer outro ingrediente. Não havendo qualquer tipo de contra indicações. 

 

Ácido Ascórbico

O ácido ascórbico é a forma mais eficaz da vitamina C. Também o mais instável. A vitamina C é um poderoso antioxidante que protege a pele contra factores externos, como a radiação solar, evitando, assim, o envelhecimento da pele. Também ajuda a pele a se recuperar de agressões externas, ilumina e trata as manchas e promove a produção de colagénio.

Indicado para a pele maduras e com manchas. Possui propriedades esfoliantes, sendo aconselhável usar à noite. Funciona muito bem com outros produtos com vitamina E ou ácidos alfa lipóico. Não é recomendado a usá-lo com niacinamida porque perde a sua eficácia nem com retinol. 

 

Ácido Láctico

Outro ácido utilizado especialmente para cuidados de pele é o ácido láctico. Este ácido pertence à família AHA (alfa hidroxiácidos), tal como o ácido glicólico, com uma capacidade esfoliante. O ácido láctico tem uma propriedade de esfoliação mais superficial da pele sendo, assim, menos agressiva para a mesma. Suaviza a textura da pele e clareia o tom, sendo mais recomendado para peles mais sensíveis. Para além disso, contém propriedades hidratantes. 

Indicado para peles secas e sensíveis que necessitam de uma esfoliação e hidratação. Como todos os AHA's, é necessário o uso de protetor solar, sendo este menos agressivo que o ácido glicólico, podem ser usado de dia. 

Cuidado, este ácido não pode ser usado na mesma rotina que retinol, tal como todos os outros AHA's. 

 

Ácido Azelaico 

Este ácido é perfeito para iluminar o tom de pele e diminuir a aparência de imperfeições. Para quem tem acne e rosácea, este ácido também ajuda no seu tratamento. Pode ser utilizado em pele sensível e tem capacidade esfoliante mas não muito comparativamente a outros ácidos. 

Ideal para pele acneica, sem brilho e/ou manchada. A sua aplicação pode ser feita de dia e de noite, seguindo-se sempre da aplicação de um protetor solar durante o dia. Caso precise de uma maior ação esfoliante na sua pele, pode combinar com outros produtos com AHA's e BHA's.

Há que ter cautela na sua aplicação, mesmo sendo menos agressivo, deve-se ter uma maior percaussão na sua aplicação com outros esfoliantes em peles sensíveis. 

 

Ácido Mandélico

Pertencente também aos AHA's, este ácido é considerado mais "leve". Esfolia a pele de forma suave e gentil, sendo ideal para peles sensíveis. Em altas concentrações, contém propriedades antioxidantes. 

Este ácido é ideal para peles sensíveis, com tom opaco, manchas ou textura irregular. Pode ser aplicado de dia e de noite, sempre com o proteção solar durante o dia. Para uma esfoliação mais eficiente, pode ser combinado com outros produtos AHA's e BHA's. 

É menos agressivo que outros ácidos mas nas peles mais sensíveis deve-se ter um maior cuidado ao misturar com outros esfoliantes. É uma questão de ver como a pele irá reagir. 

 

Ácido alfa lipóico

Ao contrário de outros ácidos este não é esfoliante mas sim, é um poderoso antioxidante. Ele melhora a aparência da sua pele bem como a textura da mesma e combina com o tom. Sendo solúvel em água e óleo, é absorvido pela pele muito facilmente. Ajuda a combater os radicais livres para além de tratar o envelhecimento da pele. 

É aconselhado para pele sem brilho e/ou com sinais de envelhecimento. Como é um ingrediente sensível ao sol, caso não seja indicado na embalagem, deve ser utilizado na rotina de cuidados de pele de noite. Os seus efeitos são mais notórios com o uso em conjunto com o ácido ascórbico. 

Atenção que possui alta concentração (mais de 5%) o que pode provocar irritação na pele. 

 

E pronto, sobre ácidos estamos conversados, há que ter cuidados e adaptá - los ao seu tipo de pele e ver como a pele reage à sua ação. 

Espero que tenha ajudado a esclarecer sobre este assunto. 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A autora

foto do autor

Translate

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D