Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Conversas e Café

O cúmulo de estar doente...

Passei a semana passada a me assoar, espirrar, com uma inflamação e dores terríveis de garganta e ainda com uma voz de cana rachada, tão rouca que estava... e assim nasceu este post. 

Uma semana depois ainda continuo a assoar-me com menos frequência fruto do meu maravilhoso sinusite que me adora atormentar de vez enquanto. 

Não sou pessoa para isto... odeio estar doente! Tenho um ódio e um trauma a medicamentos, sobretudo aos de nariz, pois passei a minha vida toda com eles atrás. Sou, por isso, contra químicos! Posso estar a morrer de dores que, ainda assim, muito raramente ingiro um. E quando o faço é sinal que já cheguei a um nível gigante de desespero. Químicos na minha vida, para mim, só o aquilo que eu dependo - a insulina e um quarto de comprimido que tenho de tomar duas vezes por semana, de resto... odeio tudo!

Os sintomas de gripe são terríveis na minha pessoa, começa com uma inflamação na garganta e aí toda a gente, inclusive a minha mãe, começam a recomendar Stepfen o que para mim é igual que ingerir água quando tenho dores de garganta, não me faz nada! Aliás, às vezes, até me sinto pior depois de tomar, como se isso fosse possível (tenho mesmo que ser estudada!). O que me passa mesmo é o CantaDrill, umas pastilhas consideradas como suplemento natural (então eu ainda gosto mais!!) e aí sim, volta o alívio e cura a minha inflamação. 

Depois isto, quando finalmente curada da inflamação de garganta, começa então a constipação, os espirros constantes, "água" a escorrer pelo nariz a baixo e aí uma pessoa já se prepara psicologicamente para o que aí vem... Lenços em todos os bolsos dos casacos, em cada canto da casa, nariz sensível e "assado" de tanto se assoar. E o pior de tudo, a medicação! Aquilo se aplica no nariz mas sentes o gosto a químico a chegar à garganta o que é tão blah!  minimamente nojento. Nesta minha última constipação, fiz tanta "ronha" para não aplicar estas porcarias, mesmo que sentisse melhor em termos de respirar, evitei o máximo que pude! Já disse que odeio isto, certo?!

Uma pessoa anda bem agasalhada na rua, sempre com o casaco fechado, cachecol e gorro mas existe duas variantes: primeiro, as pessoas à minha volta! Como ando de transportes públicos, o vírus, de quando uma pessoa tosse ou espirra, contamina o espaço portanto, já sei, lá vamos nós ficar doentes. Depois, as variações de temperatura. Aqui na Madeira, num só dia temos as quatro estações do ano, para todos os gostos. De manhã, está frio, mas por volta das onze horas ou meio dia, está calor. Ao sol, está quente mas na zonas de sombra, passa uma aragem meia desagradável. Acrescentado a estas condições, dentro dos transportes públicos, há motoristas que ligam o ar condicionado no máximo, mesmo tendo o do teu assento fechado, sentes sempre o ar condicionado geral a trabalhar. Portanto, esta é a minha sina, ficar doente. 

Agora que estou no meu estado mais normal, depois de uma semana sem forças para nada, que nem uma orca encalhada na praia, cheguei à conclusão de uma coisa. E esta conclusão surgiu do Felipe Neto, um youtuber brasileiro muito conhecido em todo o mundo (não sejam ignorantes, vão lá ao YouTube, prometo que vão dar muitas gargalhadas com o conteúdo dele!) e eu testei e ele tem tanta razão que até fiquei chocada. 

A conclusão foi: com remédios ou sem remédios, a gripe demora a passar em uma semana! Não vale a pena ir por receitas naturais do tempo dos avós ou bisavós. A gripe passa sempre em UMA SEMANA!

Desculpem, mas tive de destacar esta informação. Em uma semana fazemos figuras tristes, temos cara de um morto que acabou de ressuscitar, mas calma! É só durante uma semana. 

No entanto, se for para tomar antibióticos, por muito contra de químicos que seja, recomendo vivamente a fazê-lo. E já agora, vacinem-se contra a gripe e agasalhem-se bem. Tomem, também, muitos citrinos (laranja, toranja, até mesmo kiwi!)

 

A extravagância dos Grammys

Se me pedissem para descrever o red carpet dos Grammys desta edição de 2020 em uma palavra escolheria extravagância. Foi assim que generalizei a noite de ontem em que o dress code das celebridades foi, sem dúvida, a exuberância. Exuberância nas cores, na quantidade de tecido, nos modelos escolhidos, enfim... este ano foi bem arrojado. De tal forma que em vez de vos falar dos "mais bem vestidos da noite" vou falar dos mais exuberantes da noite, aquele que mais saltaram à vista em Marte. E claro que irei justificar-me o porquê de os ter escolhido. 

Ariana Grande em Giambattista Valli

Grammys 2020 Red Carpet Fashion Ariana Grande, 2020 Grammys, Grammy Awards, Red Carpet Fashionsimage

Com um vestido bem princesa numa cor invulgar e uma quantidade de tecido extremamente exagerada. Se é muito bonito? É sim. Mas o que eu queria mesmo saber como é que ela se senta confortavelmente ou vai à casa de banho com ele sem se sentir em apuros. Não consigo nem sequer imaginar a aflição que estas toneladas de tecido não causaram! 

Billie Eilish em Gucci

Grammys 2020 Red Carpet Fashion Billie Eilish, 2020 Grammys, Grammy Awards, Red Carpet Fashionsimage

Eu ri-me tanto quando li uma comentário bem aleatório no Twitter sobre a escolha da Billie Eilish, ela que foi a rainha da noite. O comentário, passo a citar , dizia o seguinte " quando tens Grammys às 20h e vais invadir a academia de Alcochete às 22h". Não pude concordar mais! 

Lil Nas X em Versace

Grammys 2020 Red Carpet Fashion Lil Nas X, 2020 Grammys, Grammy Awards, Red Carpet Fashionsimage

Quase posto que em Marte conseguia ver-se um ponto cor de rosa, na verdade era só a estrela de Old Town Road, Lil Nas X. Bem rosa, bem alternativo, a competir para o título de mais extravagante da noite. Well, não passou minimamente despercebido. 

Chrissy Teigen em Yanina Couture

Grammys 2020 Red Carpet Fashion Chrissy Teigen, 2020 Grammys, Grammy Awards, Red Carpet FashionsGrammys dresses 2020

A deusa dos red carpets mais uma vez arrasou! Eu até gostei imenso do outfit, não vamos só criticar, vá! Mas aquela racha vertiginosa... ui! Não admira o porquê do seu marido John Legend, ter ido com um blazer assimétrico com um lado mais comprido (que por coincidência - ou não -, é mais comprido do lado da racha do vestido de Chrissy!). Alguns folhos na parte de cima do vestido para tentar retirar os olhares daquela racha, porém pergunto-me se realmente tira a racha das atenções? 

Billy Porter em Baja East

Grammys 2020 Red Carpet Fashion Billy Porter, 2020 Grammys, Grammy Awards, Red Carpet Fashionsimage

Diferente, extravagante e muito brilhante. É uma aposta muito arrojada, devo dizer, desde à maquilhagem, acessórios, até mesmo à vestimenta em si. O chapéu parece ser feito daqueles abajur de cristais, não sei, fui a única que se lembrou disso?

 

A extravagância foi algo que marcou a noite de Grammys deste ano.

Agora é esperar para o próximo ano e ver o que acontece. 

O que acharam?

 

(Imagens: E! Online e Harpers Bazzar)

 

 

 

 

Como escolher a base perfeita?

Se um dos vossos objetivos para 2020 é acertar na escolha da base, este post vai ajudar-vos! Diariamente fico aterrorizada com as figuras que vejo passar por mim na rua, principalmente no que toca a cores de base. Mas não é só da cor que vamos, vim dar-vos dicas muito úteis a ter em conta na hora de investir numa base. Quem nunca se enganou a escolher uma base que se assuma, até eu mesma, que estou aqui para dar-vos estas dicas já falhei miseravelmente a escolher a mim, vejam só. É normal, trata-se de um processo de aprendizagem que tem solução. 

Por isso, tirem as vossas anotações e vamos lá. 

Conhecer o sub-tom da sua pele

Conhecer o sub-tom da sua pele é o segredo para a escolha perfeita da base. Para isso vamos observar as veias do nosso pulso à luz natural e descobrir o que elas nos dizem. 

  • Sub-tom Quente - veias verdes ou acastanhadas. Pessoas com esta cor de veias devem apostar em bases de tom mais rosado. Geralmente as bases com este tipo de tons têm a inicial W (warm) antes do número da cor. 
  • Sub-tom Frio - veias azuis ou violeta. Pessoas com veias desta cor devem escolher bases com tons mais amarelados. Geralmente estão indicadas nas bases com a inicial C (cold). 
  • Sub-tom Neutro - veias azuis e verdes. Pessoas com veias desse tipo de cores, optem por bases nos tons mais neutros. Geralmente são indicados pela letra N (neutral/nude). 

Tom da Base 

Para escolher o tom certo da base temos de experimentá-la perto do queixo, na lateral do rosto. Se a cor estiver igual ao queixo, então é essa a nossa cor. Não experimentem na mão pois o tom da mão tende a ser diferente do rosto.

APRENDA A DEIXAR A BASE IMPERCEPTÍVEL EM SEU ROSTO (Foto: THINKSTOCK)                                                                                                                                                      Mais

 

Tipos de base para casa tipo de pele

  • Base com efeito matte - recomendado para peles mistas ou oleosas. São aquelas bases que ajudam a manter a pele matificada durante o dia, isto é, sem qualquer tipo de brilho indesejado provocado pela oleosidade. Não dá luminosidade. 
  • Base luminosa - recomendada para peles mais maduras e/ou secas. Este tipo de base mantém a pele luminosa e hidratada. 
  • Base comum - na dúvida, este é aquele tipo de bases que podem apostar uma vez que está indicada para qualquer tipo de pele, ela adapta-se às características da sua pele. 

 

Não comprar a base na altura que experimentam!

Uma das causas pela qual há muitas falhas na altura de comprar a base é comprá-la na hora que se testa. Devemos de fazer o teste, se achar-mos que é aquele tom o tom, tempos de experimentar em diferentes luzes para ver se de facto resulta mesmo com a nossa pele. Por vezes, as luzes das lojas de maquilhagem diferem da luz natural e da luz de outras lojas ou até mesmo do flash do telemóvel, por isso é importante testar nas mais variadas luzes antes de comprar para ver se realmente ficou aprovada. 

 

Falhei na escolha da base e agora? 

Vocês acabaram de ler estas dicas depois de comprem a base idealmente perfeita mas que afinal não é assim tão perfeita? Ou então já têm uma base por casa que gostariam de "brincar" um pouco mais com ela sem parecer que vieram bronzeadas do Havai ou sem parecer que são vampiros? Calma que eu tenho a solução para as vossas preces mas vai diferir da vossa situação: 

  • Para problemas com bases mais escura que a pele - de acordo com as minhas dicas anteriores, sub-tons, e onde testar, é importante que vocês comprem uma base mais clara, com características/fórmulas semelhantes à base que já têm em casa, que difira um ou dois tons da vossa pele e depois misturarem estas duas bases e ir testando a ver qual é o vosso tom.
  • Para problemas com bases mais claras que a vossa pele - também tendo em conta toda a matéria deste post, o importante agora é escolher uma base mais escura que a vossa pele para misturar com a base mais clara e encontrar o tom perfeito. O ideal seria apostar numa base com características ou fórmulas semelhantes à base que já têm em mãos e escolher um ou dois tons mais escuros que a vossa pele. 

 

E pronto! Foram estas as minhas dicas para acertar de uma vez por todas na base ideal. 

Espero que tenham gostado, alguma dúvida já sabem que podem sempre expor. 

Bom fim de semana! 😘

 

(Imagem: Pinterest)

 

Uma manhã sem telemóvel...

Spoiler: Não morri!!

O despertador tocou às 06:35h da manhã para mais um dia de aulas. Eu acordei com o meu ânimo matinal e comecei a me arranjar nas minhas calmas como sempre faço, ou melhor, a me atrasar! Estava tudo dentro do timing, fantástico, até que olhei para o relógio e só faltavam menos de 2 minutos para apanhar o autocarro portanto, vejamos, soaram as sirenes, uma correria total com o intuito de me agasalhar o máximo possível e descer para apanhar o autocarro. Vejamos só, casaco está, cachecol check, gorro também, batom dou no autocarro e bora, sempre a abrir pela escadaria fora. 

Mal entrei no autocarro, e é algo que tem vindo a acontecer ultimamente, o meu cérebro entra em transe buscando as mil e uma coisas que não posso esquecer fazer e outras mil e uma coisas que me esqueci entre as quais o meu bem dito telemóvel. Vejamos, a minha reação, a priori, foi "bolas! cabeça de alho chocho!" e só depois a bola de neve começou-se a desenrolar no meu anterior (sim, sofro de ansiedade, cada acontecimento que acontece na minha vida seja positivo ou negativo é vivido mais intensamente!) "e agora? a minha mãe vai ficar tão aflita, ligar-me mil e quinhentas vezes, pensar que me deu um piripaque qualquer na rua e me procurar no hospital haver se dei entrada por lá" e só depois disto é que respirei profundamente e tentei ver as coisas numa outra perspetiva, analisei a situação como se de uma investigação ultra-secreta se tratasse e cheguei à conclusão de que não valia a pena me preocupar com coisas que eu própria não estou no comando. Pensei também em pedir o telemóvel emprestado a algum colega de turma só para enviar um sms a dizer que estava viva e a explicar (resumidamente) a situação, tenho a certeza de que ninguém rejeitaria mas, mesmo assim, não o fiz.

E mal cheguei ao pé dela, tranquilizei - a. Ela logo se apercebeu que tinha deixado o telemóvel em casa e nem parecia tão preocupada com isso quanto imaginei anteriormente. Ela própria reconheceu que a manhã tinha sido uma loucura e ainda rimos sobre isso as duas. Portanto, para adicionar, fui buscar o telemóvel a casa antes de continuar a parte da tarde.

Ao fim ao cabo, a minha prioridade era mesmo avisar a minha mãe, pelo que, nem senti muita diferença em não fazer o primeiro check nas redes sociais depois de oito horas sem ir, nem senti muita diferença em não responder a mensagens, e-mails, DM's, aproveitei para olhar para o mundo exterior, para a natureza, para tudo à minha volta enquanto estava sentada confortavelmente no autocarro. Foi uma experiência tão estranhamente libertadora, tão benéfica para mim. Precisava disto, na verdade. Embora, tenha que confessar que assim que o meu telemóvel voltou para as minhas mãos, dei uma breve olhada nas notificações que tinha perdido mas voltei a bloquear. 

 

Os meus 5 perfumes preferidos...

Se há coisa que não pode faltar são perfumes. Sou apaixonada por cheiros em geral e perfumes, para mim, são algo que. eu tento sempre investir. Sou da opinião que o perfume que usamos transmite grande parte da nossa personalidade devido aos seus cheiros característicos e muito próprios. 

Para mim um bom perfume é aquele que deixa marca, aquele que vocês conseguem associá-lo a alguém, é aquele que tem umas notas diferentes, mais adocicado mas fresco. Quem me dera saber descrever melhor os aromas dos meus perfumes preferidos, aqueles em que podem, de certo modo, identificar a minha pessoa sem precisar de imaginar ou ir a uma loja experimentar. 

Também tenho por hábito estar sempre a trocar de cheiro mas escolhi cinco que não me cansa ou enjoa de tanto usar.

Vamos lá descobrir os meus perfumes, que para mim são os perfumes?

Resultado de imagem para burberry sheer perfume

Burberry BRIT SHEER - o clássico. Amo este perfume. Todo ele é acolhedor, aconchegante. Para mim, perfeito para estações mais frias. O cheiro dele me aconchega. Tão bom!Resultado de imagem para yes i am perfume

cacharel Yes I am - o original. Este perfume é maravilhoso. Marcante e cheio de Girl Power. O seu cheiro é intenso mas delicado, forte mas elegante. Comprei-o e fiquei apaixonada. Meses mais tarde, lançaram a versão pink first, na qual testei na loja mas acabei por não comprar. Devo confessar que também gostei desse. Embora este é o meu queridinho do coração. Resultado de imagem para eternity now perfume

Calvin Klein Eternity Now - a surpresa. Este perfume surpreendeu-me. Gostei imenso quando testei na loja mas gostei ainda mais quando o usei. Foi aquele que superou qualquer expectativa e é bem fresquinho, como eu gosto.

Resultado de imagem para boss orange perfume womens

Hugo Boss Boss Orange - o novato. Este foi a minha mais recente aquisição, na verdade. E eu juro que estou a cuidá-lo como se fosse um filho. Comprei na minha última viagem, em outubro, e não me arrependo. E uma coisa que aprendi foi comprar perfumes no aeroporto, neste caso no avião, sai muito mais barato.

Resultado de imagem para michael kors rose radiant gold perfume

Michael Kors Rose Radiant Gold - a partilha. Tanto eu como a minha mãe amamos este perfume. Daí que ela tem na penteadeira dela e às vezes passo por lá para "roubar-lhe" um pouquinho. E não precisa muito mais que "um poquinho" pois este perfume é daqueles que já se cheira a quilómetros de distância. Mas é tão bom. Este cheiro é muito nosso. 

 

E pronto, estes são o meu top cinco dos meus perfumes favoritos. Se quiserem saber qual é o meu top cinco de perfumes mais "baratuchos" é só deixarem o vosso feedback para saber se vocês querem mesmo saber. Quais são os vossos preferidos? 

 

(Imagens: Google)

 

O conceito de amor próprio

Mas qual é o mal de se olhar ao espelho e dizer "És tão linda/o"? E qual é o mal de repetir isso vezes e vezes sem conta? Será que se deve considerar uma pessoa convencida quando pensa isso de si mesma? Ou será que é apenas o seu ego que está tão elevado ao ponto de cegar a razão e falar por si? Ou será, simplesmente, o nosso amor próprio? 

Das três, eu escolho amor próprio, sem dúvida. Nos tempos de hoje esta expressão de amor próprio está tão fatigada ao ponto de ser considerada banal, ou um luxo. As pessoas arranjaram sinónimos que nem têm nada haver com esta expressão de modo a rotulá - la. Seguindo o raciocínio destes seres pensantes e dotados em não pensar, amor próprio é o mesmo que ego, é o mesmo que dizer "pessoa convencida". Não, não é, são apenas rótulos que a sociedade em pleno século XXI faz questão de atribuir de forma triunfante e gloriosa. 

Portanto, eu ao dizer "Sou tão linda" estou a reacender, dentro de mim, a chama de amor próprio, de autoestima e auto aceitação. Posso não ser "linda" aos olhos dos outros, podem atribuir-me até mil e um defeitos. Mas aos meus olhos, mesmo consciente das minhas imperfeições, dos meus defeitos, do meu feitio, das minhas qualidades, eu consigo admirar-me, valorizar-me e ainda, o mais importante, AMAR - ME, como nunca ninguém alguma vez me amará. 

E com estas minhas últimas palavras, cai o Carmo e a Trindade. É difícil aceitar esta verdade, eu sei. Nós seres humanos que procuramos incessantemente por alguém que nos ame, que nos complete, a nossa cara metade, quiçá. Já pararam para pensar que elas não nos amaram tal e qual como queremos ser amadas? Ah pois. O amor que recebemos dos nossos pais, da nossa família, dos nossos amigos ou até mesmo da nossa cara metade, nunca será igual e tão intenso como o amor próprio. Daí eu dizer e voltar a repetir, jamais alguém nos  amará como nós próprios nos amamos. Se estiverem com um vazio no coração, a sentirem - se sozinhos e/ou incompletos, então estão a amar-se muito mal. Ninguém necessita de um príncipe ou uma princesa encantada na sua vida para se sentir completo e realizado. Claro que é sempre bom ter alguém que nos faça sentir importantes e especiais. Necessitam de saber olhar para vocês com os vossos olhos e não com os olhos dos outros. Olhar e ver o vosso potencial e aceitarem-se tal e qual como são.

Amor próprio é isso. Reconhecer, aceitar e melhorar. Um trabalho contínuo, de pura evolução. Um trabalho que completa o vazio no coração. 

Sejam felizes e lutem, sobretudo, por vocês. 

Receita | Overnight com Frutos Vermelhos e Chia

Por estes dias no Instagram (@julianamf1609) tenho publicado os meus lanches que tem sido, nada mais nada menos, que um Overnight Oat. Quando a minha nutricionista dê-me a receita eu duvidei do sabor da mistura dos ingredientes mas devo confessar que tanto eu como a minha mãe ficamos rendidas ao paladar. Arriscaria-me a dizer "pedacinho de paraíso na terra". É um lanche saudável, rápido e delicioso que só pela imagem vai trazer-vos água à boca. 

FE0D32B4-3C4B-455F-8266-6D775A113E85.jpeg

Ingredientes (para 1 porção) :

  • 1 colher de sopa de aveia
  • 1 colher de sopa de coco ralado
  • Bebida Vegetal q.b
  • 1 colher de sopa de bagas de goji (opcional)
  • Canela q.b
  • 100 ml de leite de coco
  • 1 colher de sopa de chia
  • Frutos Vermelhos 

Modo de fazer :

  • Numa taça adicionar 100 ml de leite de coco e uma colher de sopa de chia, misturar de modo a obter uma mistura homogénea. Conservar durante 10 minutos de modo a tornar essa mistura mais consistente (pastosa). 
  • No pote colocar uma colher de sopa de aveia e uma colher de sopa de coco ralado. Humedecer com um pouco de bebida vegetal. 
  • Adicionar a canela e as bagas de goji. 
  • Passado os 10 minutos, adicionar ao pote a mistura do leite de coco com as sementes de chia.
  • Ao servir, preencher o restante com frutos vermelhos. 

 

Dicas: 

  • Podem fazer quatro potes iguais aos da imagem e conservar no frigorífico, continua delicioso e assim já ficam com lanche para os outros dias (se bem que cá por casa não dura muito tempo pois a minha mãe também não resiste a esta delícia!) 
  • Podem conservar no frio o overnight depois de pronto e quando forem comer é só juntar os frutos vermelhos. 
  • Se usarem bebida vegetal somente para esta receita, comprem os pacotes mais pequenos, assim o desperdício é menor visto que necessitam de pouca quantidade.

 

Esta receita é muito simples e muito rápida para se fazer. Para além disso é saciante e saudável. Cá por casa eu e a minha mãe somos super fãs desta pequena delícia o que faz com que tenha que fazer com mais frequência esta receita. 

Consegui-vos convencer? 

 

 

 

 

A moda dos scrunchies

Alto e para o baile! Hoje vim-vos falar de um acessório que será mais do que indispensável para os nossos cabelos em 2020. Devo confessar que todas as meninas adoram amarrar o cabelo porque às vezes ele atrapalha no nosso dia a dia então os scrunchies, aqueles elásticos de tecido com várias estampas, padrões e texturas diferentes, vieram com tudo para salvar o nosso cabelo. 

Uma vez que este tipo de elásticos não danificam demasiado o cabelo, acho-os perfeitos para arrasar e combinar com o vosso outfit pela variedade de cores e estampas diferentes. 

Vamos descobrir os diferentes estilos e se inspirar?

12 Ways to wear scrunchies - How To Wear a Scrunchie, scrunchie bun, scrunchies, tartan scrunchie ,how to use a scrunchie to make a bun low bun with a scrunchieLe chouchou - 50 coiffures de blogueuses pour lesquelles nous sommes tombées sous le charme #coiffure #cheveux #blogueuse #aufeminin #beauté5 Ways to Style a Scrunchie – The Asterisk Boutique

Intitulado #intitulado

E pronto, eu adoro! Eles estão muito na moda, arriscaria-me a dizer uma das maiores tendências para 2020 a nível de acessórios. E tendências à parte, a sua utilidade é muito bom. 

E vocês, vão adotar esta tendência?

 

(Imagens: Pinterest)

 

Album Review | Rare by Selena Gomez

Ela está de volta e look at her now. Sempre gostei das músicas da Selena Gomez, aliás, essas músicas acompanharam-me perante a minha adolescência. E o facto de ela voltar ao mundo da música depois de algum tempo devido a problemas que toda a gente conhece, criou uma certa ansiedade dentro de mim desde o dia em que ela anunciou o seu regresso com um novo álbum, Rare.

E aqui estou eu para fazer o review do álbum de acordo com a minha opinião pessoal. E tendo em conta que não tenho formação muito aprofundada nem conheço assim tão bem como fazer reviews deste tipo de coisas, decidi arriscar expondo, sobretudo, toda a verdade. 

Era quinta feira e recebi uma mensagem de uma amiga minha a dizer que o álbum já estava disponível na Nova Zelândia pelo facto de já ter passado da meia noite e foi aí que me apercebi o quão vontade tinha de viver lá. Sexta-feira, uma das primeiras coisas que fiz foi ouvir o álbum todo no Spotify e fiquei, desde então, viciada.

Resultado de imagem para rare selena gomez album cover

 

Primeiramente a capa. Adorei - a. Uma imagem bem clean com a foto da Selena do lado direto e no canto inferior esquerdo, o título e o nome da cantora. Bem diferente das capas que a Selena já nos habituou, no entanto, linda, maravilhosa e plena como sempre. 

Quanto ao conteúdo, que é o que mais interessa, amei. Mais uma vez, e tal como a capa, um registo diferente daquilo que estamos habituados a ouvir. No entanto, isso não significa que seja negativo. A meu ver, muito pelo contrário. 

Neste álbum a Selena Gomez continua a transmitir mensagens de amor próprio, de otimismo, num registo musical diferente. Sendo que há músicas num ritmo mais chill e outras que até dá vontade de dançar. Sinceramente, este álbum é um dos meus favoritos da cantora e acho que o ritmo das músicas combinam com a nova fase da sua vida. Sendo, até, um refresh para a alma. E achei necessário esta mudança e vejo este álbum como uma transição da Selena jovem, adolescente, para uma Selena mais madura, com mais experiência de vida e maturidade. 

E é tão bom ouvi - la uma e outra vez.

Este álbum contém 13 músicas e conta com a colaboração de 6LACK e Kid Cudi

Quanto às minhas músicas preferidas, é difícil dizer porque são todas lindas e cada uma conta uma história diferente que toca de forma diferente. Mesmo assim, as que mais adorei de todo o álbum foram:

  • Rare
  • Dance Again
  • Look at Her Now
  • Vulnerable
  • Crowded Room 
  • Kinda Crazy

 Para concluir, este álbum é incrível. Recomendo, vivamente a ouvir. E ele já está disponível em todas as plataformas digitais e também à venda em versão CD e versão Deluxe com mais 5 temas (Bad Liar, Fetish feat. Gucci Mane, It Ain't Me with Kygo, Back to You e Wolves with Marshmello). 

E vocês já ouviram? O que acharam?

 

(Imagem: Google)

Uma Feminista Revoltada...

No meu dia a dia deparo-me com uma infinidade de situações que a mim me fazem confusão e/ou até mesmo sinto vergonha alheia, que acaba por levantar uma questão - será que tenho uma mente retrógrada ou esta sociedade feminina, sobretudo, está a deixar-se levar por maus caminhos?!

Enquanto Mulher que sou, às vezes até tenho vergonha de o ser. Não por mim, mas pelas outras mulheres que vejo na rua. Se há coisa que a mim não me cabe na cabeça é como as mulheres são utilizadas (e fazem questão de se entregar) como um símbolo sexista, ou pela forma como se vestem, ou pelas atitudes que têm. É o cúmulo do ridículo. 

Devo reconhecer que as roupas que usamos não determinam a nossa personalidade, é certo mas o que também é verdade, é o facto das roupas que vestimos transmitirem uma primeira impressão sobre nós, ninguém nega isto. E quando se vê uma rapariga com uns seios maiores em roupa tão mini ou com um rabo de metro e meio numa extra - mini saia mesmo muito justa, o que querem que pensem? Salta à vista de qualquer um. Então no mundo tão superficial onde as aparências falam mais alto, nem se fala!

Já para nem falar nas atitudes que fazem, que até eu fico desejosa para que o chão ceda e um buraco me engula, atitudes essas horrendas e sem cabimento, dignas de não serem dignas, isso então... estou a falar da tamanha facilidade e/ou falta de noção de se atirar aos rapazes. Isso é o "pão nosso de cada dia". Eu até fico com pena deles. Antes eram eles, agora elas também os provocam e depois agem de ofendidas pelos piropos. Noventa e nove por cento dos casos, põem-se a jeito!

Atirarem-se a alguém é um completo disparate, não vos vai trazer nada, senão transmitir a imagem de um autêntico desespero e de que não são confiantes em vocês. Já para nem falar de que ao fazê-lo estão a rebaixar-se a si mesmas, e só demonstram o quanto desrespeito têm por vocês próprias. E quanto ao amor próprio? Não? E à dignidade? Nada? Fiquem sabendo que para ser vista, não é necessário suplicar por atenção. E se acham que vão encontrar alguém com essa atitude, só se for por pena. 

E é isto. Estou revoltada com estas mulheres de hoje em dia que se entregam assim, do nada, humilhando-se a si mesmas, os seus valores, a sua dignidade, o respeito por si mesmas. O pior é que depois existe uma pequena maioria que ainda tem valores bem presentes, Mulheres com um M maíusculo que são tratadas e colocadas no mesmo "lote" que as outras. Este mundo está perdido! 

Pensem simplesmente nisto. 

Sejam felizes!

Pág. 1/2

A autora

foto do autor

Translate

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D