Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Conversas e Café

Review | Maybelline Instant Anti Age Eraser Concealer

Vamos falar de maquilhagem? Ultimamente tenho testado coisas "novas" na minha maquilhagem. Aliás, podem até não ser novidade mas, uma pessoa fica curiosa ao ponto de experimentar assim que acaba o stock. Recentemente experimentei o tão falado, conhecido e adorado corretor da Maybelline, digamos que se trata (talvez!) do best seller da marca e eu tive que testar e ver como resultava comigo. 

Quanto a maquilhagem, eu sou muito exigente nos critérios na altura de avaliar os produtos. E no fim de contas, quando não quero falhar miseravelmente, tenho sempre aquela lista de produtos que eu sei que nunca irá me desiludir. No que toca a corretores, a exigência aumenta pois, na verdade, é ele que me vai salvar das olheiras e de uma ou outra imperfeição que teima em aparecer. E como ouvi falar milagres deste produto, decidi testar e contar-vos a minha opinião. 

Primeiramente devo um pedido de desculpas por não se tratar de uma imagem da minha autoria do produto mas ele "voou" para o lixo depois de terminado. Eis o produto em questão, uma embalagem básica com um sistema de aplicação diferente graças à esponja no topo, em que basta rodar para sair produto. Esta embalagem contem 6,8 ml de produto e na sua composição contém bagas de goji e haloxyl, que prometem corrigir as imperfeições e a esconder as olheiras enquanto trata das mesmas. Escolhi no tom 01 Light pois é a cor que melhor se adapta a mim. 

Na minha opinião, este produto é um pouco overrated ficando muito aquém das expectativas. Uma desilusão, a meu ver. Começo por falar no aplicador, torci o nariz mas depois me habituei à ideia, no entanto, não é dos meus preferidos, longe disso. Depois, quanto à fórmula em si, dei uma e outra oportunidade, mas nunca cheguei a perceber como o aplicar de "forma correta". Percebi que se aplica diretamente na pele, é um facto, mas ao espalhar, testei de diferentes formas, desde diferentes pincéis próprios de corretor, como beauty blender e até mesmo com os dedos mas, o resultado não me agradou de todo. Quer dizer, de todas as formas de como o espalhei, admito que o que mais gostei foi com os dedos mesmo assim, senti falta de cobertura e pigmentação do produto. Confesso-vos que não tenho as piores olheiras de sempre mas com este corretor, senti que, ao invés de corrigir, aprofundou-as mais tornando-as um bocado mais escuras. Com isto, não consigo precisar se a fórmula realmente faz alguma diferença e é algo revolucionário. Sem falar que, no final do dia, senti que ele não estava uniforme, estava a acumular-se nuns sítios e noutros não havia qualquer resíduo de produto. 

Quanto ao veredicto final, acho que este produto, por 9,79€ (na Pluricosmética), é um pouco overrated a nível de qualidade-preço. Sinto que há outros corretores melhores no mercado com preço igual ou inferior a este e que compensam mais, exemplos disso são: Camouflage + Matt Concealer da Essense (3,59€ na Well's) ou  Conceal & Define Concealer da Makeup Revolution (4,99€ na Well's - review aqui). Eis a minha sincera opinião, não sei se o problema foi meu mas para mim este corretor é um GRANDE NÃO. Fiquei desiludida uma vez que há tantas pessoas que o usam e o adoram! 

Quem mais testou? O que acharam? 

 

 

(Imagem: Google) 

A primeira já está!

Hoje foi a minha vez. Quando dei por mim lá estava eu, com uma agulha espetada no braço a levar a minha primeira doze de esperança da Pfizer. Não há palavras para descrever o que senti naquele momento. Senti que finalmente pude ver a luz ao fundo do túnel, que dei um paço rumo ao início do fim de todos estes tempos atribulados que estamos a viver. Houvera inscrito-me no portal da saúde, mas, mesmo sem resposta, um anjo, no qual estou eternamente grata, uma amiga minha, deu-me um contacto para agendar. 

Liguei uma vez, estava indisponível, aguardei. Quando ia ligar uma outra vez, recebo a chamada de volta, atendo sem hesitar. Mal digo que gostaria de agendar a minha vacina, do outro lado da linha recebo a resposta "temos uma vaga para agora, tem disponibilidade?" respondi prontamente com um "sim" com um entusiasmo tal que nem eu própria sei de onde vinha. Em 20 minutos estava lá, toda feliz da vida, com um sorriso de orelha a orelha mesmo com uma máscara a cobri-lo. Finalmente haveria chegado à minha vez, estava emocionada, mesmo indo às cegas quanto à vacina que iria levar, estava a torcer que fosse a Pfizer, não duvidando da qualidade das restantes aprovadas pela UE (União Europeia), atenção. 

Quando soube que era mesmo essa que iria levar, quase que cresci dois metros de tanta felicidade. Não doeu, esperei os meus trinta minutos e agora vos escrevo a partir de casa, a torcer igualmente que o meu corpo/organismo reaja bem à vacina nos próximos dois dias. A ver vamos. No entanto, a primeira já está e não consigo conter tanta a alegria que há em mim pela tão desejada vacina que veio aumentar a esperança de um dia de amanhã mais para o "normal". 

Vacinem-se! É seguro, rápido e a nossa única arma para travar esta pandemia! 

O Quebra-Nozes e Os Quatro Reinos - A Opinião

Estou de volta com mais uma opinião mas desta vez sobre um filme que vi recentemente. Tenho gostado imenso de ver filmes e/ou séries antes de adormecer, este foi apenas um dos que assisti há pouco tempo e pensei em dar a minha opinião sobre ele para vocês. 

Este filme foi indicação de um amigo, nunca tinha ouvido falar antes de o assistir e confesso que, só pelo título, despertou-me alguma curiosidade e não pude deixar de assistir e depois, é uma produção Disney, algo que me fez assistir e ficar com as expectativas elevadas. 

Sinopse:

"Clara (Mackenzie Foy), jovem esperta e independente, perde a única chave mágica capaz de abrir um presente de valor incalculável dado por seu padrinho (Morgan Freeman). Safa na solução de problemas, ela decide então iniciar uma jornada de resgate que a leva pelo Reino dos Doces, o Reino das Neves, o Reino das Flores e o sinistro Quarto Reino." *

Opinião: 

Como referi anteriormente, quando apertei o botão do play do filme, já tinha as expectativas elevadas e posso dizer-vos que mesmo assim, ainda conseguiu superá-las. O filme é lindíssimo, desde o vestuário aos cenários, dá a parecer que estamos a viver no mundo encantado. Depois, um dos factores que faz derreter o meu coração, é o facto da ação centrar-se no natal. Filmes com esse cenário é, sem dúvida, um grande sim para mim, pois, para além de ser uma época que eu adoro, tem sempre aquele toque de magia que não sei explicar. Se eu chorei com este filme? Sim! Se eu recomendo? MUITO! Só fiquei intrigada com o desfecho. Sem querer lançar muito spoiler, quero dizer-vos que em relação à Clara e o Captain, desiludiu-me um bocadinho. No entanto, mesmo assim, considero que é um bom filme para ver e rever com a família. Neste filme, chamo desde logo a atenção, de que nada é o que parece, no entanto reconheça que vos irá surpreender. 

 

Adorei este filme e recomendo vivamente a assistirem pois tenho a certeza de que também vão gostar imenso. 

 

(* Sinopse e imagem de cartaz retiradas do site AdoroCinema)

Desabafos da Alma #2

Escrevo este post ao som do álbum Ensemble de Rui Massena (link aqui). Eu sei que tenho andado desaparecida por estes lados, culpada! Mas em época de exames, conciliar tudo ainda está a ser um desafio e prometo aprender como se faz durante os próximos anos (assim espero!!). Presumo que me  percebam! Posto isto, tenho muito para vos contar. 

Olhei para o calendário e já estamos em julho, lá fora faz um calor descomunal, o termómetro marca 27ºC e eu aqui sentada a jurar que parece muito mais. Sobre Coimbra, depois deste meu primeiro ano na faculdade, posso dizer que me apaixonei. Se já antes conhecia e tinha vindo cá umas três vezes, agora sinto que esta é a minha segunda casa e mesmo estando longe da minha família - que não é algo fácil, admito -, esta cidade acolheu-me de forma calorosa. 

Mesmo se tratando de um ano atípico, com pouco contacto e pouca vida académica, sinto que já vivi muitas aventuras por aqui e conheci muitas pessoas, todas elas fabulosas à sua maneira. Ser caloira em ano atípico como este é conseguir gerir toda a ansiedade das aulas híbridas, é não ter noção sequer de como seria a latada ou a queima e sonhar com isso como se fosse realmente acontecer, é não ser praxada o número de vezes que seria suposto num ano de "normalidade", é ser testada pela própria UC para garantir a segurança de todos nós, é não haver jantares de curso... enfim! Mesmo assim, não me posso queixar, que de outra forma, graças às novas tecnologias, reinventámo-nos e fizemos novas amizades. E devo confessar que sou grata todos os dias por ter estas pessoas presentes na minha vida. 

Por outro lado, esta mudança para Coimbra fez-me redescobrir quem sou verdadeiramente. Quem é a Juliana que se escondia na sua zona de conforto. Descobri que tenho mais força do que julgava ter, tenho garra e ambição para concretizar todos os meus sonhos, por mais obstáculos que possam surgir e até mesmo a 1 125 km de casa. Deixar a ilha, para abraçar este meu sonho de licenciar-me em algo que para mim faz sentido, foi, talvez, das melhores coisas que pude fazer. Ganhar independência, autonomia, saber gerir as situações do dia a dia, sobretudo organizar o meu tempo, de modo que os estudos, a minha vida social e a minha casinha fiquem para trás. E estou tão orgulhosa nesta pessoa tão independente e tão dona de si na qual me tornei.

Com isto, também percebi-me que mudei entretanto. Descobri que, de certo modo, já não me identifico mais com aquilo que a Juliana de nove ou dez meses atrás se identificava. Evoluí. Cresci. Faz parte! E só quero manter para mim, aquilo que sinto que faz sentido. Não porque deva manter simplesmente. 

E isto, de certo modo, também é válido para o que escrevo. Talvez (só talvez!) abandone alguns temas que abordo por aqui, não direi que deixarei de falar sobre eles, todavia, vou dar prioridade aquilo que acredito e que faz sentido neste exato momento. Pois seria forçado para mim e ingrato para vocês, continuar a fingir estar interessada sobre temas e dissertar sobre eles quando muito só queria agradar-vos. Mas não! Honestidade acima de tudo. 

Não foi só Coimbra que me mudou, eu apenas cresci e estou a ser a melhor versão de mim. 

 

Uma NOVA ERA está prestes a começar.

Quem está preparado para o que aí vem??

 

Playlist | Over and Over Again...

Tenho andado um pouco desaparecida por aqui, reconheço, mas eu juro que não me esqueci de vocês. Apenas a vida académica requer uma maior atenção da minha parte. Por isso, para vos "mimar" um pouquinho, e também para reestabelecer a nossa ligação especial de amizade entre autora - leitor(a), decidi, por bem, partilhar um pouco daquilo que tenho ouvido cá por casa, nos momentos de pausa do estudo e acreditem que playlist mais eclética do que esta não vão encontrar por estes lados. 

Cheguei à conclusão que, quanto a gosto musical, esta menina aqui ouve de tudo um pouco. E quando digo isto, não estou mesmo a brincar e decisivamente esta playlist é a prova disso e vão entender o porquê, até mesmo música portuguesa que não dava assim tanto valor, agora faz parte das preferidas. 

Daí criar este post onde reuni todos aquelas músicas que ouço uma e outra vez exclusivamente para vocês. Basta clicar no play e desfrutar do momento.  

E são estas as músicas que até os vizinhos já devem estar fartos de ouvir tocar mas é lidar! 

Eu queria ter colocado as versões do YouTube mas havia músicas que não estavam a ser permitidas acesso aos vídeos portanto, optei por esta forma porque o Spotify nunca desilude! 

Espero que tenham gostado. 

 

Época de exames? Socorro! O que fazer?

E a época mais temida por todos os estudantes, sejam eles do secundário ou universitários, está cada vez mais próxima. E hoje, tirei um tempinho para dar-vos umas dicas para superar os picos e ataques súbitos de stress e ansiedade só de olhar para a matéria acumulada. 

No fundo a chave de tudo isto é mesmo ORGANIZAÇÃO e MUITA CALMA! Não é impossível minha gente!

1ª Dica - Olhar para o calendário

Parece irónico estar a recomendar isto mas ter um calendário à frente com todas as datas das provas (desde testes, frequências, exames, trabalhos, etc.) é muito importante para saber por onde começar

 

2ª Dica - Planear a semana

Criar uma própria agenda, seja física (em papel), seja digital, é sempre muito importante. Eu uso o Google Calender para me organizar e todos os sábados planeio mais ou menos o que tenho que fazer nessa semana. Aponto tudo, desde horários para treinar, como as cadeiras que vou estudar, datas das frequências/exames/trabalhos até mesmo tarefas que tenho que fazer, estipulo horários (incluindo as pausas). A melhor parte disso é o facto de ele estar conectado com o iPhone e assim, 30 minutos antes, aparece a notificação para não me esquecer da minha próxima tarefa. 

Sim, isto funciona se for comprido à risca e permite que tenham uma visão mais global de como organizar o vosso tempo. 

 

3ª Dica - Começar a estudar por datas 

Depois de teres o calendário, recomendo que quando organizares o teu tempo de estudo, começa a estudar pelas cadeiras/disciplinas por ordem que te aparecem no calendário. E para tornar o teu estudo muito mais produtivo, opta por estudar várias cadeiras/disciplinas, fazendo um intervalo entre 15 a 30 minutos, não desvalorizando nenhuma cadeira/disciplina ou deixando-a para trás. 

 

4ª Dica - Organizar o ambiente de trabalho

Já falei tantas vezes por aqui em outras publicações, no entanto volto a repetir o quão importante e indispensável, é ter a zona de trabalho organizada, tranquila, com boa luz (natural de preferência) e com apenas o material essencial ao estudo para evitar qualquer distração.

 

5ª Dica - Evitar distrações

Por falar em distrações, reforço uma vez mais que todo e qualquer equipamento eletrónico que não esteja a ser utilizado como material de estudo deve estar com as notificações desativadas e bem longe da área de estudo e da vista para evitar toda e qualquer distração desnecessária. 

 

6ª Dica - Pesquisas extras para maior conhecimento dos temas

Esta dica destina-se essencialmente para os estudantes universitários. A leitura de bibliografia para complementar os apontamentos de sala de aula e resumos sobre um determinado tema é muito importante e até imprescindível para o desenvolvimento de uma resposta, sobretudo quando os professores pedem pelo menos uma página de resposta.

 

7ª Dica - Exercitar

Exercício físico regular, sobretudo nesta altura onde os níveis de stress estão no limite, é imprescindível. Para além de ajudar a libertar do stress, vai ajudar-te a ser mais produtivo e está provado que ajuda na memorização e melhora a concentração uma vez que ajuda a desenvolver células cerebrais. 

 

8ª Dica - Descanso 

Época de exames é sinónimo, para muitos alunos, maratonas de estudo pela noite dentro, inclusive "diretas" para exames. Fiquem a saber que umas boas noites de sono, entre 7 a 8 horas por noite, são importantes para dar mais energia e ajudar a se concentrar para além de relaxar. Portanto, para obter ou melhorar resultados, dormir também é um dos segredos para o sucesso académico. 

 

Eis as dicas para sobreviver a esta fase que exige tanto de nós e da nossa capacidade intelectual. 

Muita boa sorte a todos para as vossas provas e que corra tudo bem na vossa vida académica. 

Votos de muito sucesso!

Estudantes, vamos com tudo! 

 

 

 

 

 

 

 

Como criar uma rotina de skincare?

Voltei, desta vez com mais um post de skincare

Desde que partilhei convosco a minha rotina de skincare (post aqui) que muita coisa mudou para melhor. Decidi alargá-la e investir um pouco mais nos cuidados da minha pele. Visto que já estou a entrar na casa dos vinte, decidi adicionar uns outros produtos, não pela quantidade mas pela qualidade dos produtos em questão e, também tenho obrigado-me a cumpri-la diariamente, mesmo naqueles dias em que estou mais preguiçosa o que acaba sempre por aumentar a disposição e dar uma sensação de bem estar. 

E é da nossa pele que vim falar hoje, sem desvalorizar a importância de tratar dela visto que é ela, não só a nossa aparência mas também a nossa casa, uma vez que é nela que habitamos independentemente de qualquer localização geográfica. 

O meu propósito é ajudar-vos a criar uma rotina de pele, o passo a passo tanto para o dia como para a noite, que dê tanto para as minhas leitoras como também para os meus leitores, para qualquer faixa etária que tenha interesse em começar uma rotina deste género. Por isso, não irei contar-vos os produtos que uso pois cada pele é uma pele e necessita de ingredientes/fórmulas diferentes. Por este motivo, há que saber, antes de iniciar qualquer rotina de pele, o vosso tipo e estado de pele e as necessidades dela, para isso, tenho um post que vos pode ajudar e que recomendo vivamente a leitura antes de continuar a leitura deste (link aqui). 

Se vocês já sabem tudo o que a vossa pele necessita neste exato momento, então ótimo. Vamos continuar que tenho muito para falar por aqui hoje.

Este é o guia básico, sem qualquer referência, repito, a uma marca ou produto em particular para incluir na vossa rotina. No fundo serve de passo a passo na hora de aplicar os produtos, sobretudo a ordem correta para o fazer. 

Mas antes de começar, seja na rotina de dia seja na de noite, é importante LAVAR MUITO BEM AS MÃOS para evitar o contacto de qualquer bactéria das mãos para o rosto, que possa criar qualquer inflamação, especialmente, acne. 

 

Rotina de Skincare de Dia 

1. Limpeza - manter a pele limpa é sempre essencial, não só ajuda a despertar e a desinchar o rosto como também elimina qualquer óleo ou resíduo que a pele criou durante a noite. Optem sempre por lavar com um sabão específico para o efeito para também ajudar a equilibrar o pH da pele. 

2. Tónico - depois de limpar, chegou a altura de tonificar e acreditem que este passo faz muita diferença numa rotina continuada de cuidados de pele. Ele vai ajudar a remover as impurezas que resistem na pele e equilibra o pH da nossa pele. Garantindo, assim, que esta está pronta para receber os seguintes passos. Importante sempre adequar a escolha do tónico à necessidade da vossa pele, escusado será dizer. 

3. Sérum - essencial para hidratar e revitalizar o rosto. Há tanto por onde escolher por isso escolham um de acordo ao vosso tipo e estado de pele. 

4. Protetor Solar - como já é conhecido de todos, a radiação solar é um dos factores do envelhecimento precoce da pele. Daí nada melhor do que proteger a nossa pele dos raios UVA e UVB. 

5. Hidratante de olhos - isto não seria obrigatório, nem é mas devo dizer que toda a gente o devia incluir na rotina, pelo simples facto que agora toda a gente usa máscara, fica com essa zona mais sensível e até mesmo mais saliente ou com olheiras. 

6. Creme hidratante - um creme de hidratação global do rosto, adquado obviamente ao vosso tipo e estado de pele, é essencial para quem quer manter uma pele bonita, sedosa, iluminada e saudável.

7. Hidratante Labial - mais um essencial muito esquecido, eles também precisam de especial cuidado e hidratação e há muito por onde escolher. 

 

Rotina de Skincare de Noite

1. Desmaquilhar - para quem usa maquilhagem, não se esqueçam de retirá-la antes de irem deitar-se. Dormir com maquilhagem provoca envelhecimento precoce também. Escolham uma água micelar bifásica para ajudar a desabstruir os poros de toda a cosmética aplicada. 

2. Limpeza - Tal como já foi falado, a limpeza é muito importante. Mas aqui também quero salientar a esfoliação da pele duas vezes por semana para remover a presença de células mortas. 

3. Tónico - o nosso aleado tanto na manhã como à noite. 

4. Creme hidratante - neste passo não será necessário investir num creme específico de noite. O mesmo que usam na rotina matinal é suficiente para uma pele bonita e nutrida. 

5. Esfoliante de lábios - sou muito mesquinha neste aspeto. Odeio sentir os lábios gretados ou a escamar pois tenho a tendência de arrancar essas pelinhas e provocar feridas sem qualquer necessidade (não sigam este mau exemplo da minha parte!), por isso, desde que comecei a utilizar um esfoliante para lábios que tenho visto grandes diferenças, para além de eliminar qualquer presença de pele morta, os lábios ficam sedosos como uns de um bebé. Tudo o que precisamos, sobretudo quem tem esta mania de puxar as peles ou então quem usa muitos batons matte, pois há fórmulas que acabam por secar muito os lábios. 

6. Hidratante Labial - depois de esfoliar há que hidratar e nada como um bom hidratante para garantir essa nutrição. 

 

E pronto meus amores, esta é a rotina que faço e que tem sido o game change da minha vida porque parecendo que não, adequando às minhas necessidades, só tenho visto milagres a acontecerem na minha pele e eu estou a adorar tanto que há dias que nem base se uso na pele de tão bonita que ela está. 

Tenho a certeza que se investirem nestes passos, também irão salvar a vossa pele. 

Aguardo por feedbacks. 

Beijinhos! 😘

Playlist | Para estudar ao som do violino...

Voltei. Tirei um tempinho do meu dia para passar por cá e trazer-vos uma playlist maravilhosa ao som do violino. Pensei nela no âmbito dos estudos, por ser calma e relaxante, e é mesmo aquela que eu uso para me concentrar nos estudos e trabalhos da faculdade (que não são poucos!!). No entanto, também podem ouvi-la nas múltiplas situações do dia a dia, desde relaxar depois do trabalho ou até mesmo para parar e existir simplesmente. Então nos dias nublados e chuvosos, tenho a certeza que terão aquele momento de serenidade e plenitude que tanto necessitam. 

Eu sou apaixonada pelo o som do violino, inclusive quando era mais pequena, eu toquei mas acabei por desistir por falta de motivação e estagnação total uma vez que a professora do conservatório em que eu frequentava, não me dava a devida atenção e na hora das minhas aulas, deixava-me sozinha a praticar enquanto ia buscar os filhos à escola ou o carro à oficina. Desde modo e com muita pena minha, acabei por desistir. Mas, vou ser sincera, quando ouço o seu soar, aquece de uma forma tal o meu coração e deixo-me levar pelo dedilhar ou até mesmo pelo arco que deslizar sobre as cordas. E ouvir quem sabe tocar, é como se o tempo parasse, algo único e mágica até. 

Desde que conheci o trabalho de Daniel Jang, no YouTube enquanto pesquisava covers de uma música qualquer, fiquei apaixona pelo seu enorme talento que me deu vontade de descobrir um pouco mais do seu trabalho. Até que, encontrei uma playlist sua no Spotify com todas as músicas que já tocou e, deixo-vos, abaixo, as minhas preferidas, aquelas que não passo nem um dia sem as ouvir por simplesmente terem-me tocado de uma forma tal, quase que inexplicável. 

 

Todas as músicas estão disponíveis nesta playlist maravilhosa: 

 

Aproveitem já para a adicionar.

11 anos de diabetes

Deixem-me contar-vos uma história, de uma menina com apenas oito anos, a caminho dos nove, que na semana em que foi considerada a “melhor aluna da semana” mal sabia que essa seria a última semana de uma vida “normal” de criança. Aí, no dia 13 de março de 2010, num sábado, em que o sol brilhava por entre as nuvens que teimavam cobri-lo, o seu mundo desabou. Um trambolhão na sua vida graças a um diagnóstico de uma doença “para toda a vida”, segundo um pediatra rude que lhe deu internamento. Essa menina foi obrigada a crescer na enfermaria onde estava, entre deslocações de ambulância para formações sobre a sua doença, entre o colo dos pais, dos familiares e ainda com as cartas dos amigos da escolinha que tomaram a iniciativa de as escrever. Essa menina, entretanto, continuou a crescer, nunca permitiu que o sorriso do seu rosto se apagasse, foi sempre muito forte e madura na sua luta diária contra a diabetes fazendo de tudo para a controlar e para ter, no mínimo, uma vida plena e o mais normal possível apesar das circunstâncias.

Hoje, faz 11 anos em que lida diariamente com a Diabetes, 11 anos de luta quotidiana, feita de conquistas, umas tantas frustrações mas acima de tudo muita dedicação, foco e esforço. E 11 anos depois essa menina, mais propriamente, EU, não perdeu o sorriso pois é a sorrir que tudo fica mais leve e mais fácil de se suportar.

 

 

 

[ Texto da minha autoria também publicado no meu Facebook pessoal e no Instagram! ]

Como sobreviver ás aulas online?

Aulas online. Um sacrifício gigante. Não é das melhores coisas para se aprender, é só um desenrasque face ás circunstâncias em que se vive. Para mim, é algo em que é muito fácil de se desconcentrar. E depois, acabo todas as aulas a pensar "mas o que é que falamos hoje?". Até verificar os meus apontamentos, sinto - me perdida no que foi dado. Para além de tudo isso, contribui para o sedentarismo e digo isto porque inexplicavelmente, os horários são péssimos, falo por mim. Detesto-os!

Mas hoje, vim dar-vos algumas dicas que vos podem ajudar a sobreviver a este martírio enquanto se espera por tempos melhores e mais felizes. E estas dicas podem ser facilmente adequadas para o vosso ano de escolaridade independentemente se estão no ensino básico, secundário ou superior. Não importa se estão no 5ºano, no 12ºano ou na universidade, estas dicas podem mesmo ajudar-vos para garantir o sucesso académico à distância. 

 

Escolher um ambiente tranquilo 

Procurem um sítio para ter aulas online que seja calmo, sem interferência de barulhos ou distrações, longe da família que vive convosco sobretudo. Para além de tranquilo, escolham também um sítio bem iluminado preferencialmente com luz natural para aumentar, não só, a produtividade e otimismo mas também a energia, tudo aquilo que necessitamos particularmente de manhã cedinho. 

 

Escolher apenas o material essencial à aula

De modo a evitar desatenção, é importante manter somente o material necessário à aula. Assim material de escrita, caderno/bloco de apontamentos, computador (com o separador do zoom - ou de qualquer outra plataforma -, sempre a preencher a tela principal) e pouco mais que isso. Tudo o que seja tecnologia que estejam a mais, como telemóveis, tablets, etc. e que seja alvo de distração mantenham-nas longe. 

 

Incluir uma garrafa de água e alguns snacks por perto 

De forma a manter o corpo sempre hidratado e também para refrescar as ideias, ter sempre uma garrafa de água ao pé de vocês é o ideal para que, durante as aulas online, quando necessário, possam dar um gole para oxigenar as células do cérebro, a ajudar-vos a manter mais produtivos e claro, sempre hidratados. Já quanto aos snacks, não é para comer durante as aulas em vez de estar atentos à matéria, é para aqueles momentos em que os professores se estendem nas horas e terminam a sua sessão de Zoom, por exemplo, na hora da próxima aula, é muito útil para qualquer estudante pois nem necessitam de perder tempo em ir à cozinha buscar qualquer coisa para comer enquanto o professor da aula seguinte já adiantou a matéria. 

 

Gravar aulas 

Talvez dos temas mais controversos das minhas dicas. Se souberem o que estão a fazer não haverá problemas. Este método é interessante não para quem decide ligar a plataforma e voltar para a cama dormir mais um bocado ou estar mais ocupado a jogar LOL e outras coisas. Este método é interessante e realmente produtivo para aqueles alunos que gostam de aprender, de estar atentos e que não querem perder nenhum apontamento. Nas aulas por vezes torna-se difícil acompanhar o raciocínio dos professores e apontar tudo o que eles dizem, e que é do nosso interesse, sobretudo no ensino superior, na vida universitária. Daí o truque é gravar a aula em questão e apontar nas margens da folha os minutos em que não conseguiram apanhar de tal maneira que depois possam rever os mesmos. Há imensos programas que gravam a tela ou até mesmo o áudio. Ou então utilizem a  "gravação de voz" do vosso telemóvel para registar o áudio das vossas aulas. Mas antes, experimentem o programa ou até mesmo o gravador do vosso telemóvel, num vídeo no YouTube para ver se efetivamente resulta. E no final das aulas, vão recuperar somente esses momentos, aquelas que anotaram anteriormente, e acabar de anotar as ideias que estão em falta.  

 

Tirar apontamentos 

Para além de gravar as aulas, é ainda mais importante tirar os apontamentos das mesmas. É fundamental para se orientarem no estudo. Têm que aprender a filtrar tudo o que foi dito na aula entre o essencial e acessório ao mesmo tempo que tirem as vossas notas durante as aulas e não somente ficar à espera dos apontamentos de um colega. Se quiserem podem sempre pedir para comparar e ver se podem acrescentar mais alguma coisa aos vossos mas, se utilizarem a dica anterior, não terão esse problema de pedir apontamentos a ninguém. 

 

Carregadores e extensões sempre por perto

Não há nenhum computador que sobreviva estar ligado de manhã à noite sem carregar pelo menos uma vez. Especial com as plataformas utilizadas para ensino à distância como é o caso do Zoom, que consomem tanto, torna-se impossível. Por esse motivo é sempre importante possuir um carregador por perto pois quando o computador pedir carga, é só introduzir o mesmo na entrada e assim não correm o risco de sair da chamada por este se desligar sem carga. Caso estejam longe das tomadas, pensem em ter uma extensão sempre ligada à tomada e por sua vez ligada ao carregador para que tais incidentes não aconteçam. E devo confessar que esta dica já me salvou umas quantas vezes. 

 

Estas foram as dicas principais para arrasarem no ensino remoto.  

Espero que tenha sido úteis para vocês. 

✩ Bons estudos! ✩

 

A autora

foto do autor

Translate

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub